Hábitos de consumo da sociedade interferem na gestão dos resíduos sólidos

Hábitos de consumo da sociedade interferem na gestão dos resíduos sólidos

O secretário do Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Silvano Silvério, disse, no Rio de Janeiro, que é preciso a conscientização da população para a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que está para ser votada no Senado Federal. Para Silvério, com a sociedade envolvida fica mais fácil de fazer a destinação adequada do lixo.

`Se a população não fizer sua parte, se o cidadão não mudar seus hábitos de consumo, terá problemas ao longo do tempo`, ressaltou o secretário, lembrando que a política estabelece responsabilidades compartilhadas para a destinação do lixo.

Silvério participou da abertura do 6º Rio Ambiente e 1º Seminário Internacional de Tecnologia e Gestão de Resíduos Sólidos, eventos que discutem, propostas para a gestão dos resíduos sólidos e soluções concretas já implantadas com sucesso em outros países. Ele apresentou os princípios e desafios da política, falou sobre lixo eletrônico e explicou o processo de logística reversa.

Com essa logística, o Brasil passará a ter mais reciclagem. O produto sem utilidade para o consumidor volta para o fabricante, fazendo a desmontagem das peças e destinando cada material para serem recicladas.

Em 2009, foram gerados mais de 57 milhões de toneladas de resíduos sólidos no Brasil. Isso representa um crescimento de 7,7% em relação ao ano anterior, segundo dados da publicação `Panorama dos Resíduos Sólidos 2009`, lançada pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais.

Apesar de ter sido constatada uma evolução na adequação da destinação de resíduos sólidos de 2008 para 2009, no cenário atual quase metade das 22 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos coletados no Brasil ainda são dispostos de forma inadequada, em aterros controlados ou lixões, que não garantem a devida proteção ambiental, revela o estudo.

O Rio Ambiente é voltado para profissionais das áreas de Ecologia e Meio Ambiente e para prestadores de serviços. O objetivo é promover a discussão sobre conjunto de alternativas e soluções para a gestão de resíduos sólidos.

Fonte: Redação MMA

Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço