Histórias das Canções de Chico Buarque (II)

"Lua Cheia" (1965)
Chico Buarque / Toquinho

O amigo e compositor Toquinho lembra como surgiu a primeira parceria dos dois e sua primeira canção gravada em disco.

Eu estava com uma das moças que faziam a coreografia, dançando no show Balanço de Orfeu. Chamava-se Vera, morena, alta, corpo bem feito.

Chico habituara-se a passar quase todas as noites no teatro, pelo gostinho de ouvir sua música, e às vezes esticava a noite com a gente. Num dos jantares na casa do diretor, na intimidade de uísques e outras fontes de inspiração, enquanto eu tocava a música, Chico aproveitava o embalo e, brincando com a moça, inventava versos com rimas em "era": "Linda noite que te espera, oh, Vera / Quisera abrir janelas, fazer serão...". No dia seguinte, mais sóbrio, organizou melhor a poesia e se surpreendeu: "Mas a letra é boa mesmo! Podemos fazer uma música!".


O nome da musa não é pronunciado na canção, que inicialmente tinha o título de "Primavera",mas ficava subtendido - para quem soubesse da história - pela ênfase dada às rimas em "era".


"Lua Cheia", na belíssima interpretação da divina Elizeth Cardoso, discos Copacabana, 1968. (LP Elizeth Cardoso - Momentos de Amor).




************

FONTE:





Histórias de Canções: Chico Buarque, de Wagner Homem. São Paulo: Leya, 2009.






************

Exibições: 48

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço