Esses dias estava a me lembrar como as coisas aconteciam tão devagar. Os resultados dos jogos de futebol muitas das vezes sabíamos somente nos gols da rodada lá no final do programa Fantástico da rede Globo. Algumas vezes não esperava devido ser muito tarde e somente na segunda-feira através das ondas do rádio sabia quem ganhou, empatou ou perdeu. Outro exemplo emblemático para mim é em relação a fotografia. Comprava-se o filme fotográfico e só via o resultado das fotos depois de revelados. Disso demandava um certo tempo para se saber se as fotos ficaram boas ou não. Já hoje em dia as coisas acontecem num clique. A informação nos chega rapidamente e as nossas ocupações do dia-a-dia enchem o dia. Nisso, achamos que os dias passam muito rápidos. Levantamos cedo e logo uma enxurrada de notícias e acontecimentos entram em casa. Termina o ano e começa outro e quando damos conta no calendário já estamos no findar do "velho" ano novo. Essa rapidez tem seu lado positivo que é a aproximação maior entre as pessoas, mesmo que eletronicamente, e as informações passeiam muito mais facilmente. Através das redes sociais o mundo se torna bem pequeno e os seres humanos se unem em muitos movimentos. Interessante é que seja o ponto de encontro para movimentos bem maiores nas ruas do mundo. Mesmo com tanta inovação é importante ressaltar que é preciso inserir grande leva de pessoas que ainda lutam contra a fome e a violência em muitas partes do planeta. Para mim não vale nada disso que falei acima se tem ainda criança que passa fome e não tem uma escola de primeira. Se não se respeita o direito das mulheres e homens a toda e qualquer liberdade e quando não se explora racionalmente os recursos naturais. Acredito que é importatante toda e qualquer inovação tecnológica. Mas que todos possam ser contemplados com essas mudanças e que possamos usá-las de maneira que venham para o bem e crescimento nas relações humanas. E assim o mundo possa evoluir com o devido respeito ao ser humano e a todos os entes da natureza.

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço