Homenagem aos 75 Anos de Sylvinha Telles

Se viva hoje, 27 de agosto de 2009, Sylvia Telles completaria 75 anos.

Fico a imaginar como estaria a nossa Primeira Musa da Bossa Nova, olhos verdes, dentinhos salientes, possuidora de uma voz suave, doce, afinada, que arrasava os corações masculinos (não escaparam da flecha do cupido, Horácio, João Gilberto, Candinho, Aloysio de Oliveira, só para ficar nos mais famosos), que rompeu fronteiras cantando nos Estados Unidos, na França, Alemanha, Suíça...e ajudou a lançar quase toda a turma da Bossa Nova até que o inimaginável e trágico acidente interrompeu sua vida aos 32 anos.

Tem coisas que com o tempo só melhoram...
No caso de Sylvinha, a voz, o charme, a bondade, o sentimento altruístico, aos 75 anos, estariam lapidados tal como um diamante precioso, de brilho inigualável... a iluminar os caminhos da nossa Música .

Poderia escrever páginas e mais páginas sobre sua vida, mas prefiro homenageá-la com um pequeno Álbum de Fotos, destacando sua Discografia e convidando vocês a curtirem comigo sua bela, suave, doce e afinada voz, imortalizada nas mais belas músicas do nosso cancioneiro.



"Duas Contas", de Aníbal Augusto Sardinha - Garoto.
 

 


"Chove Lá Fora", de Tito Madi.


 




"Por Causa de Você", de Dolores Duran e Tom Jobim


 




"Foi a Noite", de Newton Mendonça e Tom Jobim.


 

"Dindi", de Tom Jobim e Aloysio de Oliveira.


 

  "Janelas Abertas", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes


 

"Canta, Canta Mais", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes


 



"Se É Tarde Me Perdoa", de Carlos Lyra


 

"Primavera", de Carlos Lyra e Vinicius de Moraes





"Samba de Uma Nota Só", de Tom Jobim


 




"Discussão", de Tom Jobim e Newton Mendonça


 




Tributo à Sylvinha Telles


"A Felicidade", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes






PARA FINALIZAR...

"Amendoim torradinho" , de Henrique Bletrão






"Manhã de Carnaval", belíssima canção de Luiz Bonfá e Antônio Maria.


 

************
VISITEM:

Álbum de Fotos de Sylvinha Telles.

O site da sua filha Cláudia Telles.

A Página do nosso colega Mauricio Caleiro, que produziu recentemente um excelente post sobre Sylvia Telles.

RECOMENDO:

“Sylvinha Telles – A Primeira Musa”, de André Ciasca. Encarte da Revista Bravo, n.º 131, julho de 2008.

“Sylvia Telles”, de Ruy Castro. Coleção Folha 50 Anos de Bossa Nova,n.º 15, 2008.

************

Exibições: 452

Comentário de Henrique Marques Porto em 28 agosto 2009 às 23:19
n almeida,
O Windows Media Player lê todos esses arquivos de aúdio. Se você quiser baixar para seu computador as músicas que achar no Instituto Moreira Salles pode usar um programa chamado "aTube Cather" (a última versão é "1.0.288"). Ele faz o download de arquivos de áudio e vídeo de diversos sites e converte para o formato que você desejar. É freeware e você pode fazer o download em http://atube-catcher.dsnetwb.com/get-video-software-windows-home/content/banco-datos-Welcome-Home-Page.html?seguro=1&credITO=forEX-tern&auto=1
abraço
Henrique Marques Porto
Comentário de n almeida em 29 agosto 2009 às 1:32
Henrique Marques Porto,

Obrigado pela dica. Estou navegando neste momento em ambiente Linux. Tem o Media Player instalado. Eu estava me referindo as canções que estão aqui na página. Nenhuma aparecia, agora elas estão acessíveis, mas nem todas. Dindi e Samba de Uma Nota Só ainda não abrem.
Um abraço.
Comentário de Oscar Peixoto em 30 agosto 2009 às 19:41
Laura, esse post é para ser lido e ouvido de joelhos. Emoção e beleza puras! Sylvinha foi da minha geração e marcou minha história de forma indelével. Quanta saudade...
Beijos
Comentário de J. R. Messias em 28 agosto 2011 às 1:09
Uma maravilha. Obrigado.
Comentário de Laura Macedo em 28 agosto 2011 às 1:47

Messias,

Que bom que você gostou! Fico feliz :))

Abraços.

Comentário de lucianohortencio em 26 fevereiro 2012 às 15:29

Amiga Laura,

Obrigado por ter enviado o link. Maravilhoso Post, digno mesmo da também maravilhosa Sylvinha Telles. Hoje tive o prazer de, dentro do POST Mario Telles interpreta Baden e Vinícius de Moraes, registrar no LUIS NASSIF ONLINE todo o único e ímpar album do irmão da Sylvinha, MÁRIO TELLES, injustamente esquecido por muitos cultores da Bossa Nova. Dá uma checadinha que vale a pena. Sei que conheces todas as músicas, mas sempre vale a pena...

Abraço do luciano.

Comentário de Laura Macedo em 26 fevereiro 2012 às 19:24

Luciano,

Valeu super a pena. Primeiro por ficar conhecendo este "filho único" do Mário Telles e segundo porque vou ultilizar dois vídeos do seu post para complementar um que estou preparando. Trata-se de uma crônica escrita por Vinicius de Moraes sobre o parceiro Baden Powell.

Abraços

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço