O processo de Impeachment da Presidente Dilma Roussef já se encontra no Senado e a população brasileira aguarda os novos passos para saber se teremos mais um presidente afastado do cargo executivo máximo do Brasil.

 

Venho observando que muitas pessoas estão querendo a retirada da presidente do cargo sem avaliar os prós e os contras dessa medida. Para muitos desses inconformados, não é a difícil situação econômica que enfrentamos nem mesmo a crise política vexatória que os incomodam.

 

Na verdade, uma parcela considerável de indignados estão torcendo pela saída da petista do cargo presidencial, pois não conseguem mais manter seus caprichos sociais da mesma forma do que antes.

 

As viagens à Disney, as fotos em frente à torre Eiffel, as caminhadas no Central Park e o caminho de Santiago de Compostela ficaram mais caros e isso incomoda aqueles que sempre detestaram política, mas adoravam viajar para o exterior sem perder um minuto sequer para saber como andava a nossa cambaleante República.

 

Notem que não estou fazendo defesa do governo petista que ora se encontra no poder. Estou afirmando que muitos que estão indignados, agressivos e não aceitam uma opinião contrária as suas, nem sempre são patriotas e sim, pessoas que nunca passaram realmente por uma crise.

 

Essas pessoas estão, tão somente, mostrando as garras antes escondidas quando o dólar estava barato e os restaurantes de ponta ainda podiam ser freqüentados todos os dias.

 

Certo que em qualquer sociedade há ricos e pobres e seria necessário um tratado para explicar essas distorções sociais. Por outro lado, aqueles que têm o direito de estarem preocupados com a nossa atual fase econômica são os que estão vendo, todas as semanas, os seus carrinhos de compras mais vazios.

 

Falo de feijão, arroz, macarrão, açúcar e um pouco de carne. Ingredientes valiosos na mesa do brasileiro.

Merecem estar irados aqueles que outrora compravam seis pães para o café da manhã e não conseguem mais. Desesperados com todo o direito estão os que sabem que cada ato de corrupção significa um médico a menos nos hospitais públicos gerando filas intermináveis.

 

Desesperados estão aqueles que perderam seus empregos e não sabem como irão sustentar suas famílias.

 

A revolta de alguns descontentes com a política nacional não tem relação com a crise em si e sim com a redução das mordomias e isso é um direito, mas um sentimento pouco relevante diante das mazelas reais pela qual passamos.

 

Nova York, Paris, Berlin e Londres são lugares fantásticos para serem conhecidos, mas para aqueles que estão nas redes sociais detonando o governo federal, pois não estão conseguindo com a constância de outrora visitar a terra do Mickey ou o ‘Velho Mundo’ há necessidade urgente de uma reflexão acerca do conceito de crise.

 

O processo de Impeachment está no Senado Federal e há grandes chances da Presidente Dilma ser afastada do cargo e isso deve ser analisado à luz dos impactos sociais, principalmente sobre aqueles que não querem ir a Disney e sim, ao supermercado.    

Exibições: 137

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço