INÚTIL...

(Luciane A. Vieira – 14/11/2014 – 19:10h)

 

Não estou só mas

É como se só estivesse...

Inúteis são meus sentimentos

De nada valem...

Apenas se perdem...

Somente se desgastam...

Um dia se desvanecerão...

Nada importam para ninguém...

O mundo vale apenas pelo interesse

Não prevalece aquilo que

Realmente somos...

Significar algo é jogo

É carta que se esconde

É segredo não compartilhado...

Aquilo que escrevo é vazio?

Pode ser... a seus olhos... mas

Existem palavras vãs e escassas

Falsas e malditas...

Que machucam... Carcomem a alma...

Desfazem o tempo...

Porém, neste instante parco

Insiste em mim apenas

O nexo destes vocábulos

Ridículos e ilógicos...

Estou só... Estou única...

Estou simples... Desacompanhada...

Desconexa...

Solitária...

Um dia serei lembrada e

Estarei na memória

Das crianças que hoje se

Permitem me amar e

Que sabem sorrir apesar

Da dor...

 

 

Exibições: 117

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço