Ao recebermos os nossos Pagamentos monetários, Eles vêem de um setor, em nosso favor, em reposição de serviços, por nós prestados!

A nossa relação física com as Pagadorias se desvanecem ao nos aposentarmos do serviço ativo, passando a recebermos os nossos salários por intermédio das Redes Bancárias, assim, nos pagam e, nós, administramos a nossa remuneração!

Quando os anos vão se acumulado na “cumieira” da nossa existência, temos maiores dificuldades em administrar às nossas Dívidas inesperadas, pelos imprevistos que nos batem às portas (Doenças, falecimentos de parentes, compras imprescindíveis etc.) Tudo isso, somado à nossa idade senil e/ou, idosa, tornando as soluções mais complexas de serem sanadas ou, saneadas!

Quando o Idoso tem uma aposentadoria mais vantajosa de, pelo menos, dez salários mínimos mensais, só vejo uma solução dedutiva para pagar às suas dívidas de oportunidade, que lhe chegam do inesperado, que é a seguinte:

Tomar Empréstimos temporários, recebendo, dessa forma, valores monetários condizentes aos acertos de contas prementes e, os pagando, mensalmente, em devolução ao emprestador!

Essa minha indiosincracia me tem ajudado a vencer as “intempéries” das Dívidas pendentes e, me permitido sobreviver neste Vale de Lágrimas com o restante do meu pagamento, sem maiores dificuldades financeiras!

Sou um Idoso de 72 anos de idade, todavia, não sou um Velho, pois, Velho é aquele que só fica relembrando o passado faustoso em detrimento da realidade atual endividada!

A minha ilação neste texto é a de que:

Tomo Empréstimo premente para cobrir às minhas necessidades de improviso, retribuindo, na mesma espécie (papel moeda), ao Cedente emprestador que é a minha “válvula de escape!”.

Aos Idosos, para o bem da sua saúde, não é aconselhável ficar matutando saídas complexas se pode e, tem honorabilidade, para tomarem emprestado o valor que precise , quitando-o em tempo hábil... Combinado!

Sebastião Antônio BARACHO.
conanbaracho@uol.com.br

Exibições: 37

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço