Portal Luis Nassif

 

Quando adolescente achava

que o sumo da intimidade

era a nudez do corpo.

bobagem

A vida entre os viventes

Tinha labirintos menos óbvios.

Busquei no cotidiano,

o sentido do íntimo.

Percebi

os odores,

os suores,

as lágrimas

todos fluidos corpóreos,

até os escatológicos:

excrementos obrados em latrinas.

Descobri que o íntimo é a alma.

Exibições: 37

Comentário de Luis Henrique Bueno de Oliveira em 6 abril 2011 às 19:27

Obrigado Ivone, pela leitura e pela boa comparação. Há mais 50 poemas postados, fique em casa. Abraços.

Comentário de Rita Madeira em 23 abril 2011 às 23:03

Que lindo! Bravo Poeta, bravo!

Creio ser essencial tocar a alma! Bravo!

Rita Madeira

Comentário de Luis Henrique Bueno de Oliveira em 23 abril 2011 às 23:11

Obrigado, Rita.

Postei mais estes últimos dias. Fiquei emocionado, o Luis Nassif publicou o poema Celebração. Dê uma passadinha lá ... bjs.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço