Por que alguém, ao reportar um trágico acontecimento, "anunciaria" a faca usada no crime e o hipermercado onde o crime ocorreu? Teria sido algum erro na hora de copiar e colar?

Da Folha Online
Homem que esfaqueou três em mercado de SP foi contido meia hora após ataque
"Quem quer morrer?", dizia o auxiliar de pedreiro que matou uma pessoa e feriu duas com uma faca de churrasco anteontem à noite num
hipermercado de Guarulhos, na Grande São Paulo.
José Marcelo de Araújo, 27, percorreu quase todas as seções do Extra, no centro, ameaçando as pessoas. Empunhava uma faca de churrasco, que furtou no próprio local (Tramontina, modelo Ultracorte, pacote com quatro tamanhos: R$ 53,90).
Era dia de promoção --a Quarta Extra (até 30% de desconto em frutas e legumes). A loja estava cheia.
A primeira vítima foi o comerciante chinês
Ding Yu Chi, 60, esfaqueado próximo à banca de tomates, ao lado da mulher. Sem motivo aparente, Araújo deu-lhe duas facadas na barriga. Afastou-se e voltou a esfaqueá-lo. Ao todo, desferiu oito golpes.
...
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/742147-homem-que-esfaqueou-tres-em-mercado-de-sp-foi-contido-meia-hora-apos-ataque.shtml

Exibições: 51

Comentário de joao carlos pompeu em 31 maio 2010 às 13:08
tá tudo dominado!
é o máximo da consolidação midiática do publieditorial...
Comentário de Paschoal Fiscal em 31 maio 2010 às 15:10
A menção ao nome do supermercado, ao meu ver, é propaganda contra. Já a marca da faca, aí sim, seria merchandising.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço