Toda arte tem suas estrelas. Essa é uma verdade universal e estrelas de todas as grandezas têm os seus chiliques. A última moda é cancelar apresentações em cima da hora - pouco importa se os fãs reservaram os ingressos com meses de antecedência, se pagaram caro ou se viajaram de longe só para ver o artista. A vontade dos divos e principalmente a das divas é suprema: se não quiserem cantar não cantam e pronto. Muitos fazem isso para criar a lenda em torno de si, fica uma aura de importante. Se o cantor cancela uma apresentação no Scala de Milão ou no Covent Garden de Londres é porque tem moral. As pessoas o acham importante. Divas inventam desculpas esfarrapadas, e indisposição é a preferida.
O maior cancelador de todos os tempos foi Luciano Pavarotti. Cancelou tantos espetáculos no Metropolitan Opera House de Nova Iorque que fizeram uma placa especial para avisar o público. Fez a alegria dos doppiones (cantores substitutos), já que com o tio Pava escalado o cachê estava quase garantido. Mas todas as regras tem suas exceções.
Joyce Didonato é mezzo-soprano de fama mundial. Tenho com ela várias gravações em DVD que considero excelentes. Hercules, La Cenerentola e Il Barbiere di Siviglia são algumas delas. Foi em uma récita do Il Barbiere di Siviglia na qual nossa amiga interpretava a Rosina, quando tropeça no palco do Royal Opera House de Londres e quebra sua fíbula direita (quem não sabe o que é fíbula que vá pesquisar). Uma diva normal teria um chilique, botaria a culpa em alguém e pararia a récita com cara de poucos amigos.
Didonato não: termina o primeiro ato mancando, volta no segundo com muletas e liquida a fatura. Mas seu heroísmo não pára por aí. Quem pensa que ela cancelou as outras cinco apresentações programadas se enganou. A mulher canta todas elas de cadeira de rodas, mas não canta só por cantar. Mesmo sentada, consegue mostrar seu talento vocal. O público foi ao delírio. Outras, por muito menos, cancelaram diversos espetáculos. Didonato mostrou sua grandeza, provou que pode ser uma estrela e profissional ao mesmo tempo. Se tivesse cancelado suas apresentações todos entenderiam, mas não, preferiu encarar o público. Mostrou sua estrela , fez furor e conquistou o público.

Exibições: 79

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço