Considero a voz humana o mais belo instrumento musical que existe. E o mais original também, pois no canto fundem-se instrumento e executor, originando-se daí uma unidade indissolúvel, na qual o instrumento é o cantor e o cantor é o instrumento. O canto lírico é essa unidade musical elevada à sua máxima potência. Gostaria de, aqui nesse cantinho, compartilhar com os amigos algumas jóias líricas que considero de grande beleza e que requerem alto grau de virtuosismo para serem executadas.

Começo com La Danza, uma “tarantella napoletana”, de Rossini (letra de Carlo Pepoli), cuja dificuldade de interpretação exige do cantor a utilização de todos os seus recursos vocais. La Danza, mais tarde, foi orquestrada por Respighi e passou a fazer parte, com outras peças de Rossini, do balé “La Boutique Fantasque”, coreografado por Léonide Massine.

Embora La Danza tenha sido cantada pelos maiores cantores da história do canto lírico (com destaque para Caruso e Pavarotti), selecionei a interpretação do tenor mexicano Rolando Villazón, pela sua originalidade. Villazón vive intensamente o que canta, de certa forma inovando a interpretação clássica do canto lírico, geralmente um pouco mais contida.

Exibições: 134

Comentário de Helô em 22 outubro 2008 às 0:53
Oscar
Villazón foi mais um que você me apresentou. Como esquecer aquela magnífica interpretação de "Una Furtiva Lagrima"? Como sou grata a você por tudo o que tem me ensinado.
Adorei o post e a escolha do vídeo. Aguardaremos outros :)
Beijinho.
Comentário de Jane Chiesse Zandonade em 22 outubro 2008 às 1:59
Bela voz, Oscar. Não sou profunda conhecedora de ópera, mas gosto bastante. Lá nos meus vídeos já postei algumas sopranos que gosto muito. Outras vozes postarei mais tarde.
Esta tarantella eu ouvi (e vi) com Mário Lanza, lembra-se dele? Vi num filme. Eu gostava da voz dele. Dramática, mas potente.
Que bom ter um entendedor de ópera por aqui!
Comentário de Oscar Peixoto em 22 outubro 2008 às 11:19
Helô, eu é que agradeço pelo banho de rejuvenescimento que você me dá. Não fosse você, eu estaria catando coquinhos - o que também tem seu valor :-)
Comentário de Oscar Peixoto em 22 outubro 2008 às 11:25
Jane, claro que me lembro do Lanza! Foi com ele, ou por causa dele, que tudo começou, i.é, que o canto lírico abriu suas portas para mim. Pena ele ter morrido cedo e nunca ter feito palco, sempre foi cantor de shows e filmes. Mas que voz! Graças a ele descobri que também tinha um instrumento canoro razoável dentro de mim (que cheguei até a cultivar um pouquinho).
Comentário de Arilo Pinheiro em 22 outubro 2008 às 21:59
Bom demais!! Valeu!
Comentário de Jose Arlindo em 22 outubro 2008 às 22:40
Oscar,

Muito boa essa interpretação do Villazón que, de resto, faz jus à escola em que aprendeu: Domingo. Por sinal, você já repaqrou como ele é parecido com seu padrinho quando novo? E as vozes são quase idênticas.
Você e a Jane lembraram bem o Mario Lanza que, infelizmente, foi "comido" pela roda-viva da Metro. Tinha potencial para ser um Pavarotti...
E naquela época (anos 50, eu era menino) a grande disputa era entre o Del Monaco e o Di Stefano. Como na casa de meus pais tinha discos dos dois, nunca entendi esse fla-flu. No YouTube tem boas coisas de ambos. Qualquer hora vou lá buscar para a Comunidade. Um forte abraço a você e às meninas que o acompanham.
Comentário de simone de almeida gomes em 22 outubro 2008 às 23:09
Olá Oscar
Estou aqui emocionada, ouvindo La Danza, com Villazón (que agora tenho o prazer de conhecer) e todo o post. Obrigada por esta oportunidade de viajar no tempo...
Um abraço,
Simone
Comentário de luzete em 23 outubro 2008 às 12:52
lindo, lindo Oscar. quanto a ser amigo da Helô, só se tem a ganhar...
Comentário de Van Luchiari em 23 outubro 2008 às 19:10
Sou suspeita pra falar de canto e música. Mas sei que nada nesse mundo nos fala tão forte e tão dentro quanto a música. Não há barreiras para o som. E cantar....... Ahhhhh, cantar! Quando eu canto é que existo inteira, verdadeiramente. Inexplicável.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço