Lixo Eletrônico: USP cria primeiro centro público para reciclar

A Universidade de São Paulo (USP) colocará em funcionamento, a partir de agosto, um centro de descarte e reciclagem de lixo eletrônico, como computadores, impressoras e outros equipamentos de rede. O local fará a separação de todos os componentes e encaminhará o material para empresas que trabalham especificamente com cada um deles. É o primeiro centro público do tipo no País - no setor privado, há poucas iniciativas parecidas.


Até o fim do ano, o centro atenderá apenas os câmpus da USP e as unidades da administração estadual. A partir do ano que vem, o serviço estará aberto para a população em geral, incluindo empresas. Qualquer um poderá ir até o local e deixar seus computadores velhos. As máquinas recebidas que estiverem em condições de uso serão doadas para escolas ou projetos sociais - com a condição de que, quando ficarem obsoletas, terão de ser devolvidas ao centro para reciclagem.



“Fizemos uma pesquisa e percebemos que, empresas que reciclam computadores, na verdade reciclam apenas uma pequena parte dele, e jogam o resto no lixão, que vira lixo comum. As que trabalham com plástico, só usam o plástico; as que reciclam baterias, idem”, explica a coordenadora do projeto, Tereza Cristina Carvalho, diretora do Centro de Computação Eletrônica da USP. “Chegamos à conclusão de que para um processo sustentável é preciso desmontar todo o computador, triturar os componentes e compactar por tipo de material.”

Saiba Mais TI News

Exibições: 39

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço