Manezinho Araújo revisitado por Geraldo Maia

 

 

O pernambucano Manoel Pereira de Araújo, ou Manezinho Araújo, entre os anos 30 e 50, foi um dos personagens mais populares e influentes do Brasil.

Só tem uma idéia exata da importância de Manezinho quem viveu no seu tempo. No entanto, no auge, em 1954, ele abandonou a carreira de artista do rádio, abriu um dos restaurantes de melhor frequência da então capital federal, o Cabeça Chata, no Leme, e trocou a música pelas artes plásticas. Foi um elogiado pintor naïf.

Em Pernambuco, o centenário de nascimento de Manezinho Araújo (1910 – 1993) passou despercebido. Nas raras vezes em que se cita o nome dele, é quase inevitável que se acrescente o epíteto “Rei da embolada”. Mas sua obra vai além da embolada. Abrangia sambas, cocos, frevos, baiões.

Este é um dos méritos do disco Ladrão de Purezas, com o qual Geraldo Maia o homenageia e dá um tapa de luva de pelica na memória cultural pernambucana, e mostra que Manezinho Araújo foi muito além de clássicos como o Carrité do Coroné, ou Cuma é o nome dele?

Por essas e outras é lamentável que se tenha esquecido Manezinho Araújo tão rapidamente, e muito mais lamentável o esquecimento que lhe foi dado em sua terra natal. Lamentável porque Manezinho nunca esqueceu suas origens. Pernambuco é uma constante em suas letras. E este esquecimento engrandece ainda mais este trabalho de Geraldo Maia, que duma só tacada destaca o centenário do artista, e celebra uma obra plural, que em nada fica a dever a outros compositores mais festejados de sua época. (Site Biscoito Fino).

 

 

Capa do CD Geraldo Maia - Ladão de Purezas - Um Tributo a Manezinho Araújo.

 

 

 

 

 

Confiram algumas faixas

 

 

“Beata mocinha” (Manezinho Araújo) # Geraldo Maia

“Vatapá” (Manezinho Araújo) # Geraldo Maia 

 

 

 

 

“Não sei o que é que faça” (Menezinho Araújo) # Geraldo Maia 

 

 

 

 

“Mulhé rendera” (Adapt. Manezinho Araújo – Folclore Pernambucano)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exibições: 278

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço