Manifesto de apoio a LUIZA BARRIOS para Ministra da SEPPIR

Intelectuais e ativistas lançam Manifesto de Apoio à indicação de LUIZA BARRIOS para Ministra da SEPPIR

Por: Redação - Fonte: Afropress - 21/12/2010
http://www.afropress.com/noticiasLer.asp?ID=2481

S. Paulo - Um dia depois de ter o seu nome oficializado pela presidente eleita Dilma Rousseff como a nova titular da SEPPIR, a partir de 1º de janeiro, Luiza Bairros recebeu o apoio de intelectuais, ativistas e pesquisadores, para quem a socióloga “é uma pessoa historicamente comprometida com o ideal de transformar o Brasil num país equâninime, que, reconheça e respeita as diferenças”.
Entre os subscritores do Manifesto de apoio estão nomes de diferentes posições e orientações político-ideológicas, como a professora Nilma Lino Gomes, do Conselho Nacional de Educação (CNE), o cientista social e exilado cubano no Brasil, Carlos Moore, a médica Fátima Oliveira, e o advogado José Roberto Militão, uma das lideranças do movimento contra o Estatuto da Igualdade Racial e a política de cotas para negros.

No documento, os subscritores propõe que a nova gestão adote um conjunto de oito medidas, a começar pela ampliação do orçamento da SEPPIR; ampliação do quadro qualificado da Secretaria para desencadear, liderar e sustentar as ações de transversalização do enfrentamento ao racismo via políticas públicas; o comprometimento da Presidente e de todo o governo com o anti-racismo e a liderança e sinergia com diferentes setores das políticas e sociais.

Também sugerem o diálogo democrático com diferentes setores da sociedade civil, em especial os movimentos sociais; a necessidade urgente de redução das taxas desproporcionais de mortalidade da população negra, em especial, jovens homens e mulheres; efetivação das políticas públicas previstas para as comunidades remanescentes de quilombo; apoio às ações afirmativas para a população negra na educação e no trabalho e apoio à pesquisa na área de relações raciais em intersecção com gênero e outras categorias e variáveis.

Leia, na íntegra, o texto do Manifesto em apoio a nova ministra chefe da SEPPIR.

Nós, intelectuais, pesquisadores/as e ativistas que trabalhamos nas Instituições de Ensino Superior (IES), públicas e privadas, no campo das relações étnico-raciais, da história e ensino de história da África e dos descendentes de africanos no Brasil, das políticas públicas para a diminuição das desigualdades de raça e gênero entre as quais as Ações Afirmativas para a população negra, manifestamos o nosso apoio à indicação da socióloga Luiza Bairros para ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial por sua reconhecida trajetória de ativismo, estudos e gestão pública.

A professora e socióloga Luiza Bairros é reconhecida com uma intelectual com uma contribuição original e profunda no referido campo de estudos e atuação desde o final dos anos 70. Trata-se de umas das principais intelectuais de sua geração, juntando-se as gerações anteriores de intelectuais negros no campo da militância e da reflexão acadêmica, como Guerreiro Ramos, Abdias do Nascimento, Eduardo de Oliveira e Oliveira, Lélia Gonzalez, Beatriz Nascimento, Neusa Santos Souza, Milton Santos e outros/as. São históricas, portanto, as articulações entre ativismo e reflexão acadêmica, sendo a socióloga Luiza Bairros uma das expoentes.

Avaliamos a importância da liderança intelectual de Luiza Bairros e colocamos a disposição dela e da SEPPIR a contribuição acadêmica e intelectual (não somente realizadas em espaços das universidades) de um conjunto de pesquisadores/as que nas últimas décadas têm contribuído na reflexão sobre as desigualdades sócio-raciais e as formas de superação.

(íntegra: http://www.afropress.com/noticiasLer.asp?ID=2481 )

Exibições: 90

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço