Manoel de Barros: Noventa por cento do que escrevo é invenção.

Manoel de Barros:

Noventa por cento do que escrevo é invenção.
Só dez por cento é mentira.



O poeta Manoel de Barros faz uma leitura ingênua e ao mesmo tempo refinada da natureza, dos fenômenos naturais, da ação humana no processo de criação e de suas relações. Revela uma realidade desconcertantemente óbvia que só um doido antenado (surrealista?) consegue revelar.

Fazendeiro mato-grossense, confessa que vive profissionalmente na ociosidade, nunca cuidou ou guardou rebanhos, fizeram isso por ele, e aos 93 anos está em sua terceira infância.

Assim como o poeta lusitano, Manoel de Barros não espera encontrar os “mistérios das cousas”. Parece que deseja tão somente dissecar e expor suas entranhas. Guarda em seu baú “inutensílios, palavras e versos”. Parece não desejar a desfuncionalização de nada, quer apenas destacar a aura condutora dessas “coisas miúdas e desimportantes”.

E a poesia flui naturalmente sem rima, atropelando a lógica. Sua fonte é o pantanal (suas águas, seus bichos, suas árvores), recebe ainda a consultoria gramatical de crianças e amigos pantaneiros.

É uma figura incrível, quase anônima até recentemente.


Sobre o filme: “Só dez por cento é mentira”.

O filme “Só dez por cento é mentira” dirigido por Pedro Cezar (em São Paulo somente no Arteplex da Frei Caneca) conta a história do poeta Manoel de Barros e consegue traduzir a essência estética e seu ambiente poético. O diretor montou um filme essencialmente lúdico ouvindo familiares, amigos pantaneiros, artistas e familiares. Todos “esticadores de horizontes” por natureza ou infectados.

Uma cena fica na memória: no horizonte a silhueta de três garotos brincando com uma bóia a caminho da lagoa.

Vale conferir.

Exibições: 168

Comentário de Oscar Peixoto em 10 fevereiro 2010 às 14:47
Marçal, não conhecia Manoel de Barros. Santa ignorância a minha! Agradeço-lhe por essa divulgação. Já incorporei a máxima do poeta, só que invertendo as percentagens :-)
Grande abraço

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço