Chico Feitosa (Francisco Libório Feitosa) ou Chico Fim de Noite


* 1/1/1935 - Rio de Janeiro (RJ)

+ 31/3/2004 - Rio de Janeiro (RJ)

 

 

 

Foi trabalhando, em 1956, como secretário de Vinícius de Moraes que Chico Feitosa conheceu Ronaldo Bôscoli, de quem se tornou amigo e parceiro. Juntos compuseram oito músicas, entre elas “Fim de Noite”. Foi por causa dessa música que ganhou o apelido de “Chico Fim de Noite”. No vídeo abaixo ele próprio explica esta história.

 

 

 

 

 

 

 

 

Passou a interagir com a turma que frequentava as famosas reuniões no apartamento de Nara Leão e dos mais variados eventos que se sucederam, a exemplo do show “Bossa Nova”, no auditório do Grupo Universitário Hebraico; “I Festival de Samba”, na PUC e A noite ao amor, do sorriso e da flor”, na Faculdade de Arquitetura.

 

 

 

 

 

 

 

 

Chico Feitosa marcou presença no "Festival da Bossa Nova", espetáculo realizado em 1962 no Carnegie Hall (Nova York, EUA), interpretando a canção "Passarinho" em parceria com Marcos Vasconcelos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 1966, gravou o LP "Chico Fim de Noite apresenta Chico Feitosa", lançado pelo selo Forma.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim de noite” (Chico Feitosa/Ronaldo Bôscoli) # Elza Soares.

 

 

 

Outras composições de Chico Feitosa

 

 

 


 

 

 

 

O amor que acabou” (Chico Feitosa/Luiz Fernando Freire) # Tamba Trio: Luiz Eça (piano, vocal e arranjos), Bebeto Castilho (contrabaixo, flauta, sax e vocal) e Hélcio Milito (bateria, percussão e vocal), 1962.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Canção do olhar amado” (Chico Feitosa/Marino Pinto) # Chico Feitosa e incluída no álbum 'Forma'65' (1965)

 

 

 

 

 

 

Talentosos artistas gravaram suas músicas como Luiz Bonfá, Baden Powell, Pery Ribeiro, Alaíde Costa, Elza Soares, Wilson Simonal, Tim Maia, Maysa, Maria Creuza, Marisa Gata Mansa, Tamba Trio, Sérgio Mendes e Maria Bethânia, entre outros.

 

 

 

 

No Arpoador, em sentido horário: Luiz Eça, Normando (em pé com violão), Ronaldo Bôscoli, Hélio Milito, Luiz Carlos Vinhas, Bebeto Castilho, não identificado e Chico Fim de Noite (com óculos escuros). Um baita time de craques!

 

 

 

 

************

Fontes:

- Dicionário Cravo Albin da MPB.

- Coleção 100 Anos de Música Popular Brasileira (volume 6).

- Site YouTube (vídeos).

- Site #Radinha (áudios).

 

************

Exibições: 647

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço