Mário da Silveira Meirelles Reis
* 31/12/1907 - Rio de Janeiro (RJ)
+ 05/10/1981 - Rio de Janeiro (RJ)

 


Há 30 anos morriaMário Reis - um dos melhores cantores brasileiros que revolucionou a arte de interpretar o samba.

 

Aos 20 anos de idade, o jovem bem nascido, filho de um comerciante bem sucedido, inovou e influenciou os seus contemporâneos.

Sua paixão pelo samba veio através de Sinhô, que ele casualmente conheceu numa loja de instrumentos musicais, quando era aluno de violão de Carlos Lentine, violonista que integraria, na década de 30, o Regional de Benedito Lacerda.

Admirador da obra de Sinhô passou a tomar aulas de violão com o “Rei do Samba”, como Sinhô era chamado. Impressionado com a interpretação que dava aos seus sambas, Sinhô o convidou à gravar suas músicas, a exemplo de "Jura”.



“Jura” (Sinhô) # Mário Reis. Disco Odeon (10.278-A) / Matriz (2070). Lançamento (novembro/1928).

 

 

 

 

Mário Reis rompeu com os preconceitos da época, tornando-se amigo dos sambistas do Estácio e da Mangueira, Ismael Silva e Cartola, que eram seus companheiros assíduos.

Impôs seu estilo pessoal de cantar quando gravou o primeiro disco com as composições de Sinhô. O sucesso foi imediato e, a partir dali, Mário Reis conquistaria um lugar definitivo entre os melhores cantores brasileiros.

“Novo Amor” (Ismael Silva) # Mário Reis.

 

 

 

 

“Filosofia” (Noel Rosa / André Filho) # Mário Reis

 

 

 

 

Rara imagem de Mário Reis interpretando “Cadê Mimi” (João de Barro / Alberto Ribeiro)

 

 

 

 

Saiba mais sobre Mário Reis, AQUI.


************
Fontes:
- Na cadência do samba, de Haroldo Costa. – Rio de Janeiro: Ed. Novas Direções, 2000.
- Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.

************

Exibições: 161

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço