Antônio Rago


* 02/07/1916 - São Paulo (SP)
+ 24/01/2008 - São Paulo (SP)


Antônio Rago integra a excelente safra de violonistas produzida pela cidade de São Paulo a exemplo de Américo Jacomino, o Canhoto, Aníbal Augusto Sardinha, o Garoto, Paulinho Nogueira, Armandinho Neves.

Com apenas 20 anos de idade passou a integrar, com seu violão, o Regional de Armandinho, na Rádio Record. Gradativamente foi tornando-se o acompanhador preferido dos talentosos cantores da época como Silvio Caldas, Carlos Galhardo, Francisco Alves, Aracy de Almeida.



Mas foi em 1940 que Rago fez história quando convidado a coordenar o Regional da Rádio Tupi de São Paulo – considerado um dos melhores conjuntos da cidade – “Rago e seu Regional”.

Foi este mesmo Regional que acompanhou o cantor Francisco Alves na sua última apresentação em São Paulo, desfazendo-se logo após a referida apresentação.

Rago partiu para a carreira solo e lançou vários discos interpretando obras de outros violonistas como Américo Jacomino, Armandinho Neves, Dilermando Reis...

Compôs muitas músicas de sucesso, como "Em tuas mãos", “Festa portuguesa", “Ranchinho da saudade”, “Duas lágrimas”, “O Barão na dança” e “Jamais te esquecerei”. Essa última é uma das minhas favoritas.





 

Jamais de esquecerei” (Antonio Rago/Juraci Rago) # Antonio Rago (violão) e seu Conjunto. Disco Continental (15811-A) / Matriz (10741). Gravação (27/7/1947) / Lançamento (agosto/1947).




No video abaixo Rago fala da infância no bairro do Bexiga, da influência de Américo Jacomino, o Canhoto na sua formação musical e executa “Jamais te esquecerei”.



"Abismo de rosas" (Américo Jacomino, o Canhoto) #Antonio Rago.

Mentiroso” (Antônio Rago), “Jamais te esquecerei” (Antônio Rago/Juracy Rago) e “O barão na dança” (Antônio Rago/Mário Vieira).


“Sou o precursor do violão elétrico”.



Antônio Rago, que perdemos há pouco mais de dois anos, sem sombra de dúvida, é um dos grandes representantes do violão brasileiro da badalada Era de Ouro da Música Brasileira.




********************
Fonte:

- A Música Brasileira deste Século por seus Autores e Intérpretes. São Paulo: SESC, 2001.

- Site: Instituto Cultural Cravo Albin.

*******************

Exibições: 769

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço