Memória MPB - Centenário de Luiz Barbosa

 

Luiz dos Santos Barbosa
* 7/7/1910 Macaé, RJ
+ 8/10/1938 Rio de Janeiro, RJ


Cantor e compositor carioca, de uma família de músicos e radialistas, morreu cedo aos 28 anos, de tuberculose, mas teve uma carreira marcante na música brasileira.



Ficou conhecido por batucar no chapéu de palha, marcando o ritmo. Teria sido o inventor de um incipiente samba de breque.

Cantou o primeiro jingle comercial do rádio brasileiro, composto por Nássara, no Programa Cazé. Foi o responsável pelo fato de Cyro Monteiro estrear no rádio no citado Programa.

Sua arte influenciou de forma expressiva os batuques de Cyro Monteiro e Dilermando Pinheiro. O primeiro na caixa de fósforo e o segundo no chapéu. E também o samba de breque de Moreira da Silva.




PARABÉNS pelo Centenário de um dos maiores sambistas de todos os temposLUIZ BARBOSAo homem que lançou o chapéu-de–palha, então em moda entre os “almofadinhas”, como instrumento de percussão e imortalizou pérolas do nosso cancioneiro.

 

 



Confiram algumas de suas composições / interpretações

“Pega” (Luiz Barbosa) # Luiz Barbosa. Disco Odeon (10969-A), 1933.

“O que eu sinto por você (Luiz Barbosa) # Luiz Barbosa. Disco Victor (33732-B), 1933.

“Quem nunca comeu melado (Luiz Barbosa/Jorge Murad) # Luiz Barbosa. Disco RCA Victor (34128-A), 1936.

“No tabuleiro da baiana (Ary Barroso) # Luiz Barbosa/Carmen Miranda com Regional de Luperce Miranda. Disco Odeon (11402-B) / Matriz (5401), 1936.



 


“Sou jogador (Luiz Barbosa) # Luiz Barbosa. Disco Odeon (10969-B), 1933.

************
Fontes:

- A Construção do samba, de Jorge Caldeira. – São Paulo: Mameluco, 2007.

- Site ICCA (Instituto Cultural Cravo Albin) e IMS (Instituto Moreira Salles).

************

Exibições: 296

Comentário de Gilberto Cruvinel em 8 julho 2010 às 22:13
Oi Laura,

Eu não conhecia a versão de "No tabuleiro da baiana" com o Luiz Barbosa. É uma versão mais contida, mais suave do que aquela da Carmen que ficou mais conhecida. Além desses, todos os outros sambas são maravilhosos. O Luiz era um talento enorme. Imagine se ele, o Noel e tantos outros tivessem vivido mais, a revolução ainda maior que não fariam na nossa música e cultura, não é?

Obrigado Laura
Beijo
Gilberto
Comentário de Laura Macedo em 9 julho 2010 às 1:57
Gilberto,

Você que é um assíduo frequentador do meu blog (isso me deixa super satisfeita) sabe que gosto bastante de homenagear nossos artistas, principalmente os menos badalados.
Quase que o Luiz Barbosa passava em brancas nuvens por aqui. Só ontem às 17h:00 me dei conta do seu centenário. Aí foi um corre-corre para pesquisar fotos, músicas...
A sorte é que consegui,aos poucos, formar um acervo doméstico que com a ajuda da internet me salva nos posts não planejados com antecedência.

Grata Gilberto, por mais essa participação. Apareça sempre :))
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço