É muito importante e salutar ao coração, dormir após o almoço. Faço-o diariamente, mas ontem foi especial. Assim que me aboletei na cama, em decúbito dorsal, cruzei as mãos sobre o volumoso ventre e me dispus à clássica soneca pós prandial, ouvi vozes abaixo e do lado de fora da minha janela, que estava semi aberta. Pareceu-me que duas pessoas, em animado bate-papo, aproveitavam a sombra fornecida pela árvore que mandei plantar em frente a minha casa.

        Fiquei realmente consternado por não haver previsto aquilo. Se eu o tivesse feito, teria providenciado um gravador. A conversa foi sensacional. É uma pena não ter o áudio, mas vou tentar reproduzir aqui, graficamente, o que ouvi e que minha memória permite lembrar. O som, imaginem-no vocês.

         --Sô! Mas ezzz é bobo mezzz. Nossinhora, cruiz credo, cumezzz é bobo! Ezz perdeu mais num conform. Parece inté torcedô du Botafô. Num conform neeeeem!

         -- Pió quezzz tá cansá di sabê qui o bostim du Aéss é bem pió, mais fica caçan coisa pra falá mar da Dilma e até inventa. Pió ainda! Os bobão fica falano du Lula tamem, que nem candidatera.

         -- Intão? Ezz vai ficá mais quatrano c** essas bobage!

         -- Poisé! Dispois vem as inleição e ezz perde traveis.

Exibições: 229

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço