Da Folha - 31/12/2009

 

RUY CASTRO

 

RIO DE JANEIRO - No começo do século 20, não existiam lojas só de discos. Eles eram vendidos nas lojas de partituras e instrumentos musicais. Tanto fazia, era tudo música. Numa delas, em 1927, a Guitarra de Prata, até hoje na rua da Carioca, o jovem Mario Reis foi apresentado ao sambista Sinhô, do que resultou uma revolução. Dois anos depois, em outra loja, A Melodia, na rua Gonçalves Dias, a também jovem Carmen Miranda foi apresentada a Joubert de Carvalho e este lhe deu a canção "Pra Você Gostar de Mim". Que Carmen transformou na carnavalesca "Taí", e foi outra revolução.


Com o declínio das lojas de pianos, os discos passaram a ser vendidos nos fundos das lojas de eletrodomésticos, tipo Rei da Voz ou Casa Garson. Mas a música nunca se sentiu à vontade em meio àquelas ofertas de armários, colchões, artigos para banheiro, geladeiras e panelas. Foi preciso chegar aos anos 50 e 60 para surgir as lojas especializadas em discos -onde cantores, músicos, produtores, jornalistas e ouvintes se reuniam em função da música.


Esta noite, com o fim da Modern Sound, em Copacabana, a música perderá a última grande loja de discos do país. Um lugar onde, por 44 anos, as pessoas não só encontravam os discos que quisessem, mas se encontravam umas às outras e, dessa troca de fluidos e ideias, a música sempre saía ganhando.


A Modern Sound vai se juntar às suas irmãs -Brenno Rossi, em São Paulo, Templar, em Londres, Footlight, em Nova York, as gigantes Tower e HMV, e outras. Todas morreram nos últimos dez anos.
Ironicamente, as lojas de discos deixam de existir, mas continua-se a vender discos. Só que, agora, em certas livrarias, onde eles ainda encontram um ambiente acolhedor, e nos shoppings e grandes lojas -de novo em meio aos armários, colchões, artigos para banheiro, geladeiras e panelas.

Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço