Essa é a nova tendência em relação ao conceito sobre o tempo aqui no Brasil. Choveu, ou pelo menos o céu ficou nublado, a televisão já diz, com todas as letras, que teremos "mau tempo" durante todo o dia e parte da noite.

 

Esse negócio de "mau tempo" deveria ficar restrito aos aeronautas, pois ali chuva é mesmo sinônimo de problemas, porém, como a população sempre adorou imitar tudo aquilo que pareça chique, o sujeito que não corria risco de acidente aéreo, a não ser que o avião caísse em cima, também engrossava o coro da galera do "mau tempo", como as mocinhas da zona rural colocavam “bobes” para enfeitar o cabelo durante as missas aos domingos.

 

Ocorre que piloto de avião é minoria e até passageiros são, mesmo com a transformação de aeroportos em rodoviárias, pois passam muito mais tempo no chão que lá pra cima. E, no chão, sem água é barra. O cabra saía para encontrar a namorada e se levasse um chuvisco no caminho, já ficava todo acabrunhado feito bode com medo d’água. E hoje em dia é o contrário: o negócio é pedir chuva para eliminar o banho de pincel, que dispensa até o uso da toalha.

 

Curioso é que, com a água sumindo do mapa, é todo mundo de olho nos céus, imitando os nordestinos, que aprenderam o valor que uma lata d'água tem no balanço do pau de galão. Dondoca que se preze precisa ter nojo de água, com exceção daquela engarrafada que usa para tirar a ressaca e a perfumada da banheira, que deixa “as partes” cheirando.

 

Puxando para o atual, seria “hilário” as baronesas paulistanas instalando um atajé em suas coberturas de luxo para colocar a imagem do “Padim Ciço” e dobrar os joelhos diante dele todos os dias para pedir chuvas ao invés de lamentar o mau tempo.

 

E diante desse cenário de secas, sinistro apenas no semi-árido nordestino, podemos afirmar, sem nenhuma dúvida que, daqui por diante, o tempo será sempre bom, tanto na ocorrência de “céu de brigadeiro”, como em plena tempestade.

Exibições: 93

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço