O Natal é uma festa de encantos. Mesmo os aparentemente insensíveis... não deixam – por mais que neguem – de sentir certo encanto. É que a alegria natalina é contagiante!

Um garotinho – não o da Universal – de quatro anos de idade, estava muito ansioso pela chegada do natal e, foi acometido de forte tosse emocional. Todos os dias ele perguntava quantos dias faltavam para o Natal?
A cada dia fazia a contagem regressiva, usando os dedinhos. Pediu de presente aos pais, O homem aranha. – Eu quero que você coloque em papel de presente – bem bonito –, com um laço de fita. Ah! E um bonito cartão!
Achando pouco, chegou para o avô e perguntou: Vô... Vamos ter pisca-piscas no Natal? – Os avôs, cristãos protestantes – seguidores de uma rígida e tradicional doutrina, entreolharam – se... e, ficaram em silêncio.
O garotinho insistiu: – Meu Natal vai ser mau, sem pisca-piscas... No dia seguinte, o avô saiu e quando voltou, trouxe dois jogos de pisca-piscas, e uma linda estrela que piscava de várias formas... Instalou-os e chamou o netinho.
Que alegria e emoção! Foi compensador, vê a alegria misturada a fantasia, no rosto e olhinhos daquela criança!
Ele olhou para o avô, pegou a sua mão e disse: muito obrigado, vovô!
Aprendemos que não há doutrina, dogmas, ou, tradicionalismo, que seja mais forte do que o amor! Jamais devemos frustrar o encanto, ingenuidade e a alegria das crianças.
Jesus é lindo! E, nos entende muitíssimo bem!

EstherRogessi. Conto. Categoria Narrativa. 03/12/10

EstherRogessi.30/11/10



Creative Commons License
This obra by Attribute work to name is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de O...

Exibições: 37

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço