Blog EntreMentes

O Pseudis paradoxa é o Benjamin Button do mundo dos anfíbios. Ele começa como um girino de 25 cm de comprimento e diminui à medida que cresce (sic). terminando como um pequeno sapo tropical, com cerca de um quarto do tamanho original.
Quando os biólogos descobriram esse sapo paradoxal na selva sul-americana, eles ficaram (compreensivelmente) confusos. No início, eles acharam que os sapos adultos seriam os bebês, que mais tarde se transformariam em girinos gigantes, exatamente o oposto do que acontece com todas as outras espécies de sapos e rãs no mundo. Mais tarde, descobriram que os girinos eram, de fato, as formas jovens do sapo, mas ainda não sabem como explicar como se dá esse fenômeno bizarro.
O curioso caso de Benjamin Button
(filme baseado em um conto homônimo de F. Scott Fitzgerald – EUA, Paramount Pictures, 2008)
É a história de um homem, Benjamin (Brad Pitt), que em 1918 nasce com a aparência envelhecida e por isso, pensando que ele era um monstro, seu pai o abandona. Benjamin é criado num lar assistencial de idosos e, enquanto pequeno, todos pensavam que ele iria acabar por morrer rapidamente. Durante a sua infância conhece Daisy (Cate Blanchett), o grande amor da sua vida. Apesar de ninguém acreditar na sua sobrevivência, ele vai ficando mais novo ao longo dos anos, vendo os outros ao seu redor envelhecerem.
Leucodistrofia
Apesar dessa história ser ficção, na vida real existe uma doença que faz com que adultos comecem a agir como crianças e tenham de receber cuidados especiais. Devido ao filme essa doença tem sido chamada de "Síndrome de Benjamin Button", mas o seu verdadeiro nome é leucodistrofia. É causada pela degradação da mielina, uma importante substância do sistema nervoso central. E, conforme a enfermidade vai piorando, o portador se infantiliza até não conseguir fazer nada sozinho.
Referências
http://www.odditycentral.com/animals/pseudis-paradoxa-the-paradoxic...
http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Curious_Case_of_Benjamin_Button
http://minilua.com/incrivel-sindrome-benjamin-button/

Exibições: 161

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço