Existe verso mais bonito do que este?


De Chão de Estrelas (Sílvio Caldas/Orestes Barbosa)

A porta do barraco era sem trinco
Mas a lua, furando o nosso zinco
Salpicava de estrelas o nosso chão
Tu pisavas nos astros distraída
Sem saber que a ventura desta vida
É a cabrocha, o luar e o violão

Aqui, a gravação de Elizeth Cardoso e Sílvio Caldas.

Maysa

Exibições: 64

Comentário de Luiz Eduardo Brandão em 14 julho 2008 às 14:16
Este do Noel também é sublime:
"Quem acha, vive se perdendo"

Aliás, nossa música é uma exuberância de versos lindos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço