O violonista Erisvaldo Borges nasceu em 16 de fevereiro de 1970, no município de Picos, Estado do Piauí e reside em Teresina desde 1985.

O seu aprendizado musical e violonístico teve início em 1987 e se deu por conta própria, orientando-se basicamente por livros e gravações. Entre 1994 e 1997 participou de alguns workshops de violão em Brasília, São Paulo, Londrina e Porto Alegre.

É formado em Educação Artística pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Pós-Graduado em Docência Superior pela Faculdade de Ensino Superior do Piauí (FAESPI).

Já se apresentou nas principais cidades do Estado do Piauí e do Brasil e em cinco países da América Latina: Venezuela, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador e Honduras.

Apresentou-se também ao lado dos violonistas Yamandu Costa, Turíbio Santos, Nonato Luiz, Marco Pereira, Guinga, Hélio Belmiro, Henrique Pinto, entre outros.

Em 2000 apresentou-se no Clube do Choro em Brasília e participou do projeto Balaio Brasil, no SESC Vila Mariana (São Paulo – SP). O seu concerto foi transmitido diversas vezes em rede nacional pela STV.

Em 2003, foi a Brasília para uma série de apresentações e para a gravação de um especial para a TV SENADO.

É autor de cerca de 400 composições (músicas para violão solo, duos, trios, quartetos, concertos, sinfonias, etc., algumas delas gravadas em seus discos. É também de sua autoria a melodia do Hino de Teresina, capital do Estado do Piauí.

Entre os anos de 2004 e 2006 atuou como professor temporário do Curso Técnico de Música do Centro Federal de Educação Tecnológica do Piauí (CEFET-PI) e do Curso de Educação Artística (área musical) da Universidade Federal do Piauí (UFPI).


Na foto acima as várias capas de CDs gravados por Erisvaldo Borges: ESTAÇÃO DAS CORDAS (1996), PAISAGEM (1997), ÉTNICO (1998), ESTAÇÃO DAS CORDAS II (1999), ALÉM FRONTEIRA (2000), ELEGIA (2001), ZÊNITE (2002), NASCENTE (2005) e ESTAÇÃO DAS CORDAS 3 (2008).

É autor dos livros: DOZE PEÇAS PARA VIOLÃO, TRÊS PEÇAS LATINO – AMERICANAS e TRÊS CANÇÕES PARA VIOLÃO (com músicas de sua autoria) e 10 CHOROS e SUITE SEXTA EM RÉ nº. 2 (com músicas de Nonato Luiz).

Atualmente, além de realizar concertos em diversos estados da federação, coordena os projetos MUSICALIZANDO ATRAVÉS DA PRÁTICA COLETIVA DE VIOLÃO e VIOLÃO NA ESCOLA: UMA FORMA DE TOCAR A VIDA, em 23 escolas da rede pública municipal de ensino da cidade de Teresina. Ministra aulas particulares e é juntamente com o prof. Cineas Santos, o criador e coordenador do FESTIVAL NACIONAL DE VIOLÃO DO PIAUÍ
.


Pelo Festival Nacional de Violão do Piauí – FENAVIPI - passaram grandes nomes do violão nacional e internacional, como Turíbio Santos, Guinga, João Pedro Borges, Alencar 7 Cordas, Marcello Gonçalves, Marco Pereira, Nonato Luiz, Álvaro Henrique, Eduardo Fernández, Paulo Inda, Fábio Zanon, João Carlos Victor, Sebastião Tapajós, Marco Lima, Henrique Pinto, Gilson Antunes e Ana Vidovic.

O V FENAVIPI ocorrerá no período de 12 a 15 de fevereiro de 2009 com as presenças nacionais e internacionais de:

Ana Vidovic (Croácia / EUA)
Erisvaldo Borges (Piauí)
Fábio Zanon (São Paulo)
Marco Pereira (São Paulo)
Xuefei Yung (China)

A prata da casa convidada: Duo Cosmo e Damião, Emanuel Nunes, Felipe Vilarinho França, Geraldo Brito, Josué Costa, Luisa Miranda, Orquestra Sinfônica de Teresina, Orquestra de Violões de Teresina, Rosinha Amorim, Rubeni Miranda e Wanda Queiroz.

No decorrer desse mês estarei detalhando toda a programação do V FENAVIPI, aqui na minha página, bem como o perfil dos artistas participantes.

É louvável o trabalho do violonista Erisvaldo Borges em todas as frentes, ou seja, na coordenação do FENAVIPI, nos projetos citados acima, na divulgação do violão piauiense a nível nacional e internacional...

Seu violão é orgulho para nós piauienses. É magia pura...

Leiam o que alguns bambas do instrumento falam do nosso violonista.




“Com bastante apuro técnico e pegada firme, Erisvaldo Borges demonstra grande intimidade com seu instrumento
Marco Pereira, Rio de Janeiro, 1996





“Como professor, às vezes de curto período, como nos casos dos cursos de férias, me emociono ao me deparar com talentos (que na situação atuam como alunos), que já deveriam fazer parte do roteiro normal dos profissionais de arte. O caso excepcional das minhas andanças é Erisvaldo Borges, jovem determinado, sabedor de sua capacidade, pesquisador, curioso e sempre com o afã de saber, coloca o violão no centro de sua vida e pacientemente sobe os degraus, que com justiça o levará a não ser mais um, mas único em sua maneira própria de fazer música”
Henrique Pinto, São Paulo 1995.




"Erisvaldo Borges é um desses raros artistas que não deixou para trás sua criança interior. É ela que toca o seu violão alegre, brincalhão, cheio de virtuosidade e criatividade.
Suas composições refletem tudo isso. Se ele não tem ainda a formalidade do compositor tarimbado, sua espontaneidade com o instrumento vence esse obstáculo e enriquece o repertório do violão com peças que refletem sua paixão pelo instrumento e pelo seu país. Bola prá frente, Erisvaldo
!”
Turibio Santos


Fonte: Site do artista: http://erisvaldoborges.com/


Agora curtam a performance de Erisvaldo Borges nos vídeos selacionados abaixo.


Erisvaldo no SESC Vila Mariana, em São Paulo (2000), interpretando de sua autoria "Frevo".




Erisvaldo interpretando "Arioso", de Johann Sebastian Bach.


 

"Consolação", música de Baden Powell e Vinicius de Moraes, interpretada por Erisvaldo.

Exibições: 456

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço