Portal Luis Nassif

    O motivo da trama criminosa era o fato da sua avó detestá-lo ,mesmo sendo ele o seu único herdeiro.A avó o tratava com desprezo,jogava-lhe na cara que nunca deixara de ser caixa do BRB ( Banco Regioanal de Brasília) com 12 anos de estrada no banco distrital e era infértil -não lhe daria um bisneto ou uma bisneta -e sabia da sua condição de bissexual e da sua relação com as duas mulheres bi.A avó era homofóbica assumida e preferia gastar sua grana com transas com garotões machos há mais de 10 anos.

  O Zé vibrou com argumento e rumei para o bloco dele.Ao entrar no enorme apê dos seus pais ele foi logo efusivo: "Fala,véio,fala " Fala,véio,vc gostou mesmo ?" "Porra do cacete,véio ! Agora vamos escrever o roteiro a quatro mãos ,véio.Quer água,véio ? " Não,véio,quero este puro malte escocês do sue velho ." " Pra hora,véio,pra hora."

  O pai de Zé Eduardo adentrou na enorme sala,eu o saudei : " Bom tarde véio.tudo bem ?" " Tudo véio .E vc ? " Na boa,eu e seu filho faremos um grande longa,véio.!"  " Legal véio....porra,vamos parar de falar esta porra de véio aqui em casa,sou do Itmarati,esta merda de véio é coisa de capial,que merda ! "

  Muitas pessoas acham que padres,pastores,diplomatas,granfas não falam merda e porra ,acham que são todos polidos,com um bom vocabulário.Cascata ! E  como falam palavrões.

 Eu e Zé tomamos várias doses do escocês e escrevemos o roteiro ao mesmo tempo.

 Regressei às 22 hs para casa e comentei,trocando as pernas,com Maria Clara o nosso projeto cinematográfico. Ela vibrou,ficou empolgada,me encheu de beijos  e afagos.Aliás,Maria Clara sempre se empolgava com todos os meus projetos culturais e jornalísticos,era uma mulher que me passava  um otimismo sincero,sem poréns e parênteses .Uma grande mulher !

  Maria Clara era funcionária bem remunerada do MPU,entrava às 10 hs e saia às 17 hs e gostava de biritar todos os dias ,ficar mamada e ser amada por mim.Áh,sim,Maria Clara folgava todas as sextas-feiras.Que empregão,hen ! E entrou sem fazer concurso,o pai ,já falecido,era desembargador e a colocou no MPU pela janela,pelo trem da alegria e do amor e da vida fácil.

 Bem que meu pai,funcionário do Ministério da fazenda,sempre me dizia "seja funcionário público,esta coisa de jornalismo e literatura é para vagabundos." Deixa pra lá.Eu nunca me imaginei um funcionário público,trabalhar no mesmo lugar por 25 anos ou 28 ou 30,ver as mesmas caras durante todos esses anos,não era da minha estirpe.Eu queria ser um jornalista alternativo,um grande escritor,dramaturgo e cronista.Um cara como Henry Miler,Hemiguay ,Gabo,Jean Genet,Eça de Queiróz ,Rubem Fonseca,Nelson Rodrigues e Oto Lara Rezende. Áh,sim,Tenense Willians. Agora eu queria ser cineasta também,porra !

  Roteiro pronto,atores contratados verbalmente( os 3 eram da unb e faziam teatro ),locações mapeadas e usaríamos o apé de Maria Clara como o apê do neto assassino e humilhado pela avó homofóbica.

 " Porra,Zé - disse eu -,este ator tem 26 anos e o personagem tem 35 anos,que merda ! "

  Ele argumentou que o ator deixaria a barba crescer e usaria óculos de grau para dar uma envelhecida.Ok,concordei.Vamos nessa.

  As duas atrizes eram lindas e uma delas me dava mole,tinham ambas 27 anos,sem problema,a que me dava eu comeria depois das filmagens,agora teria que ser profissa,profissa mesmo.

  A produção foi paga pelos pais do Zé.Legal,sempre adorei diplomatas !

  Preciso abrir um parágrafo para narrar as cenas de sexo técnico que foram feitas na cama do apê de Maria Clara.Não eram cenas técnicas eram reais,realíssimas e eram rodadas sempre às 13 hs de la tarde.Fiquei estupefato ,excitado ao ver os 3 atores fazendo sexo real.

 " Porra,Zé,assim não !- gritei ao pedir corta a cena -Estão fazendo suruba real,isso não ! " Zé,com o bagulho no canto da da boca,falou : " Véio,é tipo Império dos Sentidos e O Azul é co do verão,o público vai amar ! Deixa de ser otário,deixem eles meterem a vontade."

 Prezado Leitores,terei que interromper mais uma  vez este conto,preciso vender um plano de saúde,amanhã eu continuo com a terceira e última parte.E desculpem os erros,façam a revisão,numa lan house,com pouco dinheiro,não dá para se esmerar muito.

   

 

Exibições: 23

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço