Para os chineses, devemos lidar com a História e não com o momento. Só se compreende o hoje olhando a História no seu desenvolvimento. Ontem fizemos o hoje; hoje fazemos o amanhã.

Alguns fatos a se pensarem, que podem nos indignar e ajudar a nos tornar protagonistas da História.

- Alberto Youssef disse à Justiça que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi o “destinatário final” do pagamento de propina pelo aluguel de navios-sonda.

- Renan Calheiros e Eduardo Cunha pressionaram o relator da reforma política e, na nova versão, o mandato de senadores aumenta de oito para dez anos e o acesso de partidos ao fundo partidário é facilitado.

- Fernando Collor, envolvido na Lava Jato, subiu à tribuna, mal humorado, e pediu o impeachment de Janot. Renan e Cunha também querem a cabeça dele. Afinal, o Procurador ousou colocá-los na investigação da propina, baseado nos autos da Polícia Federal. Os dois, não conseguindo o impeachment da presidente, não permitirão a recondução de Janot ao cargo. Estamos testando um parlamentarismo. O pior possível.

- Renan e Cunha patrocinam medida que permite reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado. Querem ficar mais. Estão gostando do ensaio de parlamentarismo.

- Renan prorroga seu mandato por mais dois anos, permite sua própria reeleição à presidência do Congresso, e, com Cunha, barra a recondução de Janot ao cargo de Procurador.

- Renan e Cunha tentam melar a Lava Jato. Deverão conseguir. Um juiz do Supremo já falou da possibilidade de anular as provas utilizadas pelo juiz Moro. É sempre assim. Os dois boicotam a presidente porque queriam que ela interviesse para que Janot não apresentasse a denúncia. Ela não pode fazer isso, nunca tentou, e o procurador não permite interferências. O Brasil perde.

- Além dos presidentes da Câmara e do Senado, 33 parlamentares são investigados no STF por propina no caso Petrobrás. O Congresso se cala, e não há processos nos conselhos de ética por quebra de decoro.

- As empresas investigadas na Lava Jato doaram R$56 milhões ao PT, R$ 52 milhões ao PSDB, R$ 41 milhões ao PMDB e R$ 13 milhões ao PSB.

- A Operação Zelotes está sucumbindo. Mexe com os grandes empresários. Valor 4 vezes maior que o da Lava Jato. A mídia distrai seus leitores com outros assuntos.

- O gigantesco esquema de evasão fiscal, o Swissleaks, já está sendo esquecido. Grandes empresários, banqueiros e a grande mídia envolvida.

- Sem dúvida, o sucesso que teve a Lava Jato (ainda que vão destruí-lo) deve-se ao fato de os corruptos terem sido presos. Isso nunca havia acontecido. Daí, abrem o bico. -

Os Ministros Fux e Marco Aurélio deram uma forcinha para que suas jovens filhas, de pouca experiência, sem ao menos ter cursos de pós-graduação, nunca foram juízas, fossem nomeadas para o TRF e TJ, respectivamente. Currículo pobre, indicação rica.

- O Judiciário se autoaplica aumentos salariais e mordomias, mas julga contra aumento dos demais trabalhadores. - O chefe do movimento “Vem pra Rua”, líder dos incautos, foi filmado batendo ponto de presença em emprego público, de bermuda, camiseta, sandálias e óculos escuros. Bateu ponto e foi embora sem trabalhar, como faz habitualmente.

- A reforma política de Cunha prevê o “distritão”, que só existe em dois países do mundo: Afeganistão e Jordânia. Mas a galera quer é reforma política. O que importa é o nome.

- Miguel Reale Júnior, jurista de renome, recusou dar parecer pró-impeachment. Não há fundamento. Outro jurista, Ives Gandra, já havia dado parecer, a peso de ouro, mas virou gozação no meio jurídico. Daí, procuraram Reale.

- Juízes e servidores do TJ do Rio de Janeiro estão aguardando aprovação na Assembleia de um auxílio de R$2.860,41 por filho para que eles possam estudar (de 8 a 24 anos de idade). Queriam R$7 mil, mas, graças à humildade que têm, aceitaram baixar o valor. Vai acabar sendo adotado nos outros estados.

Querem nos transformar em meros espectadores. Estão conseguindo disseminar e incutir ódio na população. O ódio é justamente o que destrói a possibilidade do pensamento e do discernimento.

angeloroman@terra.com.br          angeloroman@blogspot.com

Exibições: 76

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço