CARTOLA 101 ANOS. INFINITOS PARABÉNS!



Cartola, um certo dia você compôs: AS ROSAS NÃO FALAM


Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão enfim

Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar para mim

Queixo-me às rosas, mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
por fim



Mas a "rosa" que lhe trago de presente, além de exalar o seu enorme talento musical, ela quer falar, sim, da sua simplicidade, poesia, sinceridade, amizade, humildade..., enfim, da minha eterna admiração pelo ser humano e artista que você foi e sempre será...

Você cantou o morro nos seus sambas criando um espaço de encontros na nossa música brasileira, engendrando misturas de raças, compartinhamento de esperanças e solidariedade... um samba com sotaque essencialmente humano...


"As Rosas não Falam", Eterno Cartola.




"As Rosas não Falam", com Beth Carvalho.



************

Exibições: 486

Comentário de Cafu em 12 outubro 2009 às 0:57


Linda homenagem.
Beijos emocionados.
Comentário de Laura Macedo em 12 outubro 2009 às 1:15


Cafu, o nosso eterno Cartola merece todas as homenagens.
Beijos emocionados, também.
Comentário de BLOG DAS IGUARIAS - em 21 outubro 2009 às 20:39
Concordo com a Cafu.
Belissimo!. BJS

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço