Nos EUA, o avanço da crise financeira e da Internet (163,3 milhões de internautas em dez/2008) vem provocando terremotos na imprensa. De novembro para cá, tivemos o abalo do The New York Times (publicidade; custos fixos) e da revista Newsweek (redução da tiragem, de 2,6 milhões para 1 milhão de exemplares + demissões), passando a ter versão unicamente digital as seguintes publicações:

.jornal Christian Science Monitor;

.revista US News & World Report;

.revista PC World.

A vítima (importante) mais recente é o jornal Rocky Mountain News, de Denver, Colorado. Acaba de parar as máquinas (chamada de capa em seu último número, no destaque acima) às vésperas de completar 150 anos (daqui a 2 meses). Contava com 230 profissionais, era reconhecido pela excelência em economia, fotografia e esportes, recebendo na última década quatro prêmios Pulitzer.

No Brasil, a Internet avança (27,7 milhões de internautas em dez/2008), a crise se concentra mais nos setores voltados à exportação e a imprensa prosperou em 2008. No ano em curso, sofre certo abalo nas receitas com publicidade, fruto do receio exacerbado que se abateu sobre alguns empresários face ao catastrofismo alardeado pela própria imprensa - craque, pelo visto, na arte de dar tiro no pé.

Exibições: 48

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço