Psss...! Ouçam!

Ouçam o silêncio do brado que findou...

Vejam a ausência de paz nestas paragens
Busquem nas trevas o sol que se apagou
E a liberdade que se ganhou àquelas margens.

Há pouca vida e tanta morte!...

Há confusão, há cáos... Desigualdade
entre esta gente que empunhava o braço forte
mas que perdeu a garra ante tanta iniqüidade!

Ah, minha bela Pátria amada!

Formosa terra idolatrada,
Salvem-na! S A L V E M - N A!!


Meu país feito de sonho e povo híbrido:
Há amor e esperança que ainda reste
neste povo outrora heróico, hoje sofrido
No teu céu, tão estrelado, azul celeste?

Levanta do teu berço esplêndido, gigante meu,

E desta flâmula o verde-louro faz bramir...
Clama a teus filhos que a liberdade não morreu
E que da luta, esta Nação não vai fugir!



Miriam Panighel Carvalho






Exibições: 486

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço