Portal Luis Nassif

1553 - Primeira referência ao entrudo (brincadeira de sujar uns aos outros) no Brasil, em Olinda.

1835 - Primeiros bailes de máscaras no Brasil, no Hotel Itália, Rio de Janeiro.

1841 - A Prefeitura do Rio de Janeiro proíbe o entrudo na cidade.



1845 - A polca chega ao Brasil.




1846 - Primeiro desfile de José de Azeredo Nogueira Paredes, lançando a tradição do zé pereira por aqui.




1848 - Primeiros bailes de máscaras públicos de Recife, no Teatro Público e no Teatro de Apolo.




1856 - Pela primeira vez, enfeitam-se ruas no Rio de Janeiro para receber os desfiles carnavalescos.

1860 - Primeiro baile de máscaras de Salvador, no Teatro São João.

1867 - Surgem os Democráticos Carnavalescos, hoje Clube dos Democráticos, no Rio de Janeiro.

1869 - O Clube dos Azucrins faz o primeiro desfile carnavalesco pelas ruas do Recife.

1889 - Surge o Clube Misto Vassourinha do Recife.




1890 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Donga.




1893 - Hilário Jovino funda no Rio de Janeiro o rancho Rei de Ouros.

1894 - Carnaval é proibido no Rio de Janeiro por causa da Revolta da Armada.



1897 - São introduzidos no carnaval brasileiro os confetes e serpentinas.






1899 - Chiquinha Gonzaga compõe "Ô abre-alas", primeira música de carnaval.






1901 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Paulo da Portela.
- É criado o Clube de Alegorias e Crítica dos Cara-Duras, em Recife.




1902 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Alberto Ribeiro (foto ao lado).
- Nasce em Pernambuco o compositor Nelson Ferreira.




1903 - Nasce em Minas Gerais o compositor Ary Barroso.




1904 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Lamartine Babo (foto ao lado).
- Nasce em Pernambuco o compositor Capiba.



1905 - Nasce em Niterói o compositor Ismael Silva.

- Inauguração da avenida Central no Rio de Janeiro, marco da mordenização urbana da cidade.



1906 - É realizado o primeiro carnaval na avenida Central.
- Surgem os primeiros lança-perfumes.



1907 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor João de Barro (Braguinha).
- Fundação do rancho Ameno Resedá, no Rio de Janeiro.
- Pela primeira vez o vocábulo frevo é registrado, no Jornal Pequeno, em Recife.




1908 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Cartola.




1909 - Nasce em Marco de Canavezes (Portugual) a cantora Carmen Miranda.
- Realiza-se o primeiro concurso de ranchos do Rio de Janeiro.
- É apresentado o filme mudo "Ficção carnavalesca", de Antônio Serra.





1910 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Noel Rosa.









1912 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Silas de Oliveira.




1914 - Nasce na Bahia um dos inventores do trio elétrico, Dodô.

1917 - O samba "Pelo telefone" é gravado.




1918 - é fundado no Rio de Janeiro o Cordão do Bola Preta.
- A marcha "A baratinha", de Mário São João Rabelo, faz grande sucesso no carnaval carioca.




1919 - Francisco Alves grava "O pé de anjo", de Sinhô.



1921 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Zé Kéti.



1923 - Nasce na Bahia outro inventor do trio elétrico, Osmar.

1924 - Nasce o compositor baiano Batatinha.

1925 - Primeiro concurso de sambas e marchinhas no Teatro São Pedro, no Rio de Janeiro.



1927 - É gravada a marcha-rancho "Moreninha", de Eduardo Souto (foto ao lado), na voz de Frederico Rocha.
- Lamartine Babo estréia no carnaval carioca com a marcha "os calças-largas".




1928 - É fundada a Deixa Falar, a primeira escola de samba.
(Na foto ao lado, Oswaldo Boi de Papoula, primeiro presidente da Deixa Falar, ao lado de Ismael Silva).


1929 - É fundada a escola de samba Estação Primeira de Mangueira.
- Mário Reis grava o samba "Jura", de Sinhô.
- O Bando de Tangarás grava o samba "Na Pavuna", de Almirante e Homero Dornellas. É a primeira vez que instrumentos como pandeiro, reco-reco, tamborim e cuíca são registrados em disco.



1930 - "Taí", de Joubert de Carvalho, é o primeiro sucesso de Carmen Miranda.



1932 - O primeiro desfile oficial de escolas de samba do Rio de Janeiro, na praça Onze, é promovido pelo "Jornal Sportivo". A Mangueira é a vencedora, com o samba "A floresta".
- Primeiro baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
- Lamartine Babo lança no carnaval carioca a marcha "O teu cabelo não nega".
- A primeira escola de samba do Brasil, a deixa Falar, encerra suas atividades.


1934 - A escola de samba "Vai Como Pode" vira Grêmio Recreativo escola de Samba Portela.
- O desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro acontece no Campo de Santana, em homenagem ao prefeito Pedro Ernesto.




1935 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Candeia.
- É criada a Federação Carnavalesca de Pernambuco.
- O desfile das escolas de samba do Rio volta para a praça Onze.






1936 - É lançado o filme "Alô, alô, carnaval", estrelado por Carmen Miranda.




1937 - Morre o compositor Noel Rosa.
- É fundada a primeira escola de samba de São Paulo, a Lavapés.




1939 - "Aquarela do Brasil", de Ary Barroso, é gravada por Francisco Alves com arranjo de Radamés Gnattali.



1942 - Orson Welles filma o carnaval carioca.

1944 - Inauguração da av. Presidente Vargas, no Rio de Janeiro.

1946 - O desfile das escolas de samba do Rio passa a ser realizado na av. Presidente Vargas.

1947 - Fundação da escola de samba Império Serrano, no Rio de Janeiro.



1949 - Um grupo de estivadores do porto de Salvador cria o "Afoxé Filhos de Gandhy".
- Primeira transmissão do carnaval pela Rádio Continental.
- Morre o compositor Paulo da Portela.




1951 - Dodô e Osmar inventam na Bahia o duo elétrico, que no carnaval seguinte se transforma em trio.


1953 - Fundação da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro.

1955 - Morre em Beverly Hills (EUA) a cantora Carmen Miranda.
- Realiza-se no Ibirapuera o primeiro desfile das escolas de samba de São Paulo.

1956 - Fundação do bloco "Bafo de Onça" (Rio de Janeiro).
- O samba "A voz do morro", de Zé Kéti, é incluído no filme, " Rio 40 graus", de Nelson Pereira dos Santos.

1957 - A Portela desfila com o samba "Legados de d. João VI".

1960 - A marcha "Cidade maravilhosa", de André Filho, é oficialmente decretada hino da cidade do Rio de Janeiro.

1961 - Fundação do bloco "Cacique de Ramos" (Rio de Janeiro).

1963 - O Salgueiro desfila com o samba enredo "Xica da Silva".
- Morre o compositor Lamartine Babo.

1964 - O dia 2 de dezembro é instituido como Dia Nacional do Samba. (minha homenagem foi através de três posts. Quem ainda não viu e deseja, clique aqui.)
- Morrem o jornalista e compositor pernambucano Antônio Maria e o compositor mineiro-carioca Ary Barroso.
- O Império Serrano desfila com o samba-enredo "Aquarela brasileira".


1965 - A Banda de Ipanema desfila pelas ruas do Rio de Janeiro.
- Império Serrano desfila com o samba-enredo "Os cinco bailes da história do Rio".


1968 - É lançado o primeiro disco de sambas-enredos das escolas de samba do carnaval carioca.
- A Mangueira desfila com o samba enredo "O mundo encantado de Monteiro Lobato".




1969 - Faz grande sucesso no carnaval a música "Atrás do trio elétrico", de Caetano Veloso.
- Império Serrano desfila com o samba "Heróis da liberdade".




1970 - Portela desfila com o enredo "Lendas e mistérios do Amazonas".

1971 - Morre o compositor Alberto Ribeiro.



1972 - É lançado o filme "Quando o carnaval chegar",musicado por Chico Buarque.
- Morre o compositor Silas de Oliveira.


1974 - Morre o compositor Donga.

1975 - Candeia funda no Rio de Janeiro o grêmio Recreativo de Arte Negra Escola de Samba Quilombo.

1976 - Morre em Pernambuco o compositor Nelson Ferreira.

1977 - É lançado o primeiro disco de sambas-enredos das escolas de samba de São Paulo.

1978 - As escolas do Rio desfilam pela primeira vez na avenida Marquês de Sapucaí.
- Morrem os compositores Ismael Silva e Candeia.
- Morre na Bahia um dos inventores do trio elétrico, Dodô.



1979 - É fundado em Salvador o grupo Olodum.
- A escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel desfila com "O descobrimento do Brasil".


1980 - Morre o compositor Cartola.

1981 - A escola de samba Imperatriz Leopoldinense desfila com o samba enredo "O teu cabelo não nega", homenagem a Lamartine Babo.

1982 - Surge em Salvador o Grupo Chiclete com Banana.
- Império Serrano desfila com samba-enredo "Bum-bum paticumbum prugurundum".



1984 - Inaugura-se o Sambóromo, no Rio de janeiro.
- A Mangueira ganha o carnaval carioca com o enredo "Yes, nós temos Braguinha".



1987 - Faz grande sucesso no carnaval de Salvador a música "Faraó, divindade do Egito", gravada pelo grupo Olodum.

1988 - A Imperatriz Leopoldinense desfila com "Liberdade, liberdade", e a Unidos de Vila Isabel com "Kizomba, festa da raça".

1989 - É fundada em Salvador a Banda Ara Ketu.



1992 - A cantora Daniela Mercury lança o CD "O canto de cidade".



1993 - Salgueiro desfila com o samba-enredo "Peguei um Ita no Norte".

1995 - É lançada a música "Segura o Tchan" pelo Grupo Gera Samba.

1996 - O Grupo Gera Samba assume o nome É o Tchan!



1997 - A música brasileira perde três grandes nomes: o pernambucano Capiba (foto ao lado), o baiano Batatinha e Osmar, outro inventor do trio elétrico na Bahia.


1998 - Mangueira desfila com o samba-enredo "Chico Buarque da Mangueira".

1999 - Morre o compositor Zé Kéti.
- Ivete sangalo lança seu primeiro disco solo pela gravadora Universal.


2006 - Lançamento dos CDs "Sassaricando - e o Rio inventou a Marchinha"(foto ao lado) e "Cem dias do frevo: é de perder o sapato...", ambos pela gravadora Biscoito Fino.

- Morre o compositor João de Barro (Braguinha).


Fonte: "Almanaque do Carnaval", de André Diniz (Rio de Janeiro: Zahar Ed.,2008).
Pesquisa de fotos: Laura Macedo.

Exibições: 393

Tags: andré diniz, cronologia do carnaval

Comentário de Helô em 1 fevereiro 2009 às 21:29
Laura
Estamos em sintonia! Ia botar no ar agora à noite um post sobre o carnaval, mas não tive tempo de terminá-lo. Esse é pra guardar nos meus "Arquivos Implacáveis". Parabéns pela pesquisa. Adoro carnaval, embora não brinque mais.
Beijos.
Comentário de Gregório Macedo em 1 fevereiro 2009 às 22:20
Parabéns, colombina!
Beijos.
Comentário de Laura Macedo em 1 fevereiro 2009 às 23:24
Helô, é uma honra integrar os seus "Arquivos Implacáveis" :)
Já estava saudosa dos seus maravilhosos comentários.
Um mega beijo.
Comentário de Laura Macedo em 1 fevereiro 2009 às 23:26
Gregório, você é meu eterno pierrô...
Beijos.
Comentário de Helô em 1 fevereiro 2009 às 23:31
Olha esse namoro aí :)) Tô de olho!
Comentário de Laura Macedo em 1 fevereiro 2009 às 23:38
Oi, Lúcio.
Grata pelo comentário. Que bom que você gostou do post!
Recentemente conheci Belo Horizonte e amei a cidade. Fiquei bastante impressionada com o "Inhotim - Centro de Arte Contemporânea, que fica localizado no municipio de Brumadinho.
E você, já conhece?
No retorno à Teresina fiz um post. Caso queira acessar, clique aqui.
Abraços.
Comentário de Laura Macedo em 2 fevereiro 2009 às 0:24
Lúcio, conheço o pai do seu amigo que também chama-se Acásio, porque trabalhamos na mesma instituição (UFPI) e pelo fato dele ter sido presidente da Associacão dos Docentes da UFPI. Como a Universidade é enorme, acabamos ficando mais ligados aos professores do nosso Centro/Departamento, por isso não tenho nenhuma ligação com ele.
Vou conferir o site sugerido.
Comentário de Roberto Luis em 23 fevereiro 2009 às 10:11
Parabéns, Laura (Macedo, como Osmar, Armandinho e sua família musical)!
Todo esforço de desenho cronológico é uma pérola para embasar nosso conhecimento do tema. Sempre incompleto, sempre sedento de minúcias.
E você soube ilustrar com brilho os momentos significativos da história do carnaval brasileiro.
Enviarei um email para você com algum comentário mais específico.
Obrigado e muitos sucessos nas suas pesquisas!
Roberto Luis.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Novas

Receba notícias por e-mail:

Dinheiro Vivo

Publicidade

© 2014   Criado por Luis Nassif.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço