Populismo sobre redução das contas de luz irá custar R$ 6,7 bilhões ao contribuinte

No fim do ano passado, a presidente Dilma Roussef anunciou em cadeia de rádio e televisão a redução de 20% nas contas de luz dos brasileiros. Só não contou que quem teria que honrar o compromisso feito por ela.

 

A conta chegou.

 

Com saldo insuficiente para pagar as indenizações das empresas do setor elétrico, caberá ao Tesouro Nacional, ou seja, o contribuinte, pagar pelo menos R$ 6,7 bilhões nos próximos quatro anos para reembolsar as companhias.

 

Na época do anúncio, o senador Aécio Neves (PSDB) defendeu a redução das contas de luz, retirando os impostos atrelados a ela. Para o senador, o governo federal deveria diminuir ou eliminar os mais de 10 tributos federais que os brasileiros pagam na conta de luz, o que deixaria, com certeza, as contas de luz 20% mais baratas

 

Fonte: O Globo/ Blog do Noblat

Exibições: 95

Comentário de duda cioli em 30 julho 2013 às 23:43

O comentario do senador é desalentador vindo de alguem que se candidata a presidencia da republica. O que Dilma fez foi parar de pagar retorno de capital ja retornado varias vezes como retorno do custo de construção das usinas. Esse valor desonerou as contas de energia pagas pelos consumidores que ja há varios anos engordavam os bolsos de acionistas dessas empresas concessionarias indevidamente simples assim. Ou seja o consumidor se esfalfava para pagar as contas de luz e os acionistas torravam uma grana que não lhes pertencia. Alias ha um video no You Tube de discurso do senador Roberto Requião esculhambando e calando o bico do senador Aecio.  

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço