Portal Luis Nassif

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos Trabalhadores- mais uma IV Internacional trotisquista ,uma vertente do morenismo,no espectro de 5 ou 6 internacionais que reivindicavam o legado da IV Internacional elaborada por Leon Tróstki  ) .Pellegrini falava pelos cotovelos,acelerado,enaltecendo os "acertos".Como eu era bukharinista,uma vertente do leninismo,cagava e andava para o que ele dizia.

  Vou abrir um breve parágrafo para relatá-los que o Pellegrini foi  do PSTU alguns anos antes,que era ,e continua sendo, ligado à LIT de Nahuel Moreno, e que o ele foi expulso do partido ao publicar no A Luta vários artigos criticando o Comitê Central do PSTU,rotulando-o de seita.Mesmo assim,o idiota continuava tecendo elogios à LIT.Um idiota !

  -Véio,você cheirou,não foi ? -Indaguei-lhe.

  -Claro,meu véio,mas não bebi.Se o Detran nos parar,nada acontecerá.O bafômetro não detecta cocaína.

   Chegamos na merda da Eletronorte,na merda da festa e como eu esperava alguns jornalistas da Globo nos olharam com cara de poucos amigos.Tinha muita gente,muita mulher bonita que decerto não era da emissora da família Marinho.

  -Pellegrini,pega uma bebida para gente,vou sentar-me lá fora,tá muito barulho aqui no salão.

   Pellgerini ,eu vi,foi parado por dois jornalistas,trocaram algumas palavras e depois voltou com seu uísque e uma caneca de chope para mim.

  -Paulinho,áhhhh ,como é bom um uísque com pó ! - Disse após virar quase toda  a dose dupla que trouxera de uísque - Aguarde aqui,vou procurar a Eleonora e a amiga dela,a Ivoneide.Volto já.

   Fiquei bem só,olhava o movimento,as mulheres que circulavam pelas mesas que ficavam lá fora e ignorava os olhares de alguns colegas de profissão que foram atacados por mim na época do News e do A Luta.Caguei para eles porque passou a circular dois prestimosos garçons que me abasteciam de chope.

   Vou resumir a história.Depois das 23 horas finalmente apareceram Pellegrini,Eleonora e Ivoneide.Feitas as apresentações e pá e bola fomos embora da festa.Eleonora e Ivoneide estavam cansadas e deixaram o buffet nas mãos do gerente.Rumamos para casa delas e eu me sentia feliz em ter saído daquele lugar.

   Como eu lhes narrei ,em um dos capítulos anteriores, as duas moravam no Lago Sul;elas foram no carro dela e nós "nosso " carro.Eu me sentia realmente feliz em ter saído daquela festa,livre finalmente.

   Quando entramos na casa das duas mulheres houve poucas formalidades .Pellegrini e Eleonora(linda,por sinal) pegaram uma garrafa de uísque,copos e um balde de gelo e foram direto para o quarto.Iriam trepar,beber e cheirar.

  Eu,que mal troquei sequer mais de quatro palavras com Ivoneide,fiquei na sala com a anfitriã,que trouxe cerveja para mim ,uma garrafa de vinho para ela e ,sem cerimônia,ficou de calcinha e sutiã e foi logo ingerindo uma bala de Esctasy,uma forte droga sintética que estava na modinha nos melhores círculos da classe média e da burguesia.

  -Os dois nem ficaram conosco,pensei que iria rolar a 4.-Falou Ivoneide.

  Depois de virar o copo de vinho  ela pegou mais duas balas do entorpecente e as ingeriu ,degustando-as como se estivesse saboreando um bombom.

  Comecei a ficar preocupado,Ivoneide desandou  a falar , colocou um rock do Slade no seu imenso smartfone e me chamou para dançar.

  Meus bravos leitores,a sétima,e creio eu, e última parte deste conto será publicado brevemente.

   Viva a vida e salve-se quem puder !

  

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço