No fim do século XX, tornou-se rara a utilização das máquinas de escrever na maioria das empresas e mesmo no uso doméstico, por sua progressiva substituição pelos computadores, que, com processadores de texto e impressoras, possibilitavam efetuar o mesmo trabalho, de modo mais eficiente e mais veloz.
A última fábrica que produzia máquinas de escrever, a Godrej and Boyce, em Bombaim, Índia, encerrou sua produção em 2011, depois de ter vendido menos de mil unidades no último ano de sua existência.
Definitivamente, os exemplares que ainda existem dessas máquinas de escrever, também chamadas máquinas de datilografia, tornaram-se peças de museus e de colecionadores. CARO TOM HANKS
Nesta foto meio vintage de Frederick Nelson Jones, o leitor testemunha o chefe de uma empresa no momento em que ele ditava uma correspondência para a secretária. Quando o assunto era confidencial, ela datilografava com os olhos vendados – era a norma da época.


Quando o assunto era relevante

Exibições: 59

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço