Blog EntreMentes 

Um francês chamado Georges Aad pode ser o nome mais proeminente em física de partículas.
Em menos de uma década, Dr. Aad, que mora em Marselha, França, apareceu como o principal autor de 458 artigos científicos. Ninguém sabe exatamente quantos cientistas são necessários para trocar uma lâmpada, mas 5.154 pesquisadores foram necessários para escrever um artigo no início deste ano, provavelmente um recorde em física, e Dr. Aad liderou a lista.
Seu trabalho recente, publicado na revista Physical Review Letters, possui 24 páginas de coautores liderados pelo Dr. Aad. Não há nenhuma maneira de dizer o quão importante cada contribuinte poderia ser.
De Aad para Zoccoli, esses físicos, que realizam experimentos no Grande Colisor de Hádrons, na Suíça, são uma medida de uma tendência de aceleração na ciência do crescimento do número de pessoas que recebem créditos.
E não é apenas em física. Em 2003, foram necessários 272 cientistas para redigir as conclusões do primeiro genoma humano completo, um marco em biologia, mas que, em junho passado, levou 1.014 coautores a documentar uma sequência genética menor chamada o elemento Muller F na mosca da fruta.
(Havia inclusive uma piada que qualquer um que já tivesse visto uma mosca de fruta teria que ser um autor.)
A notoriedade científica do Dr. Aad é uma homenagem à ordem alfabética.
"Basicamente, esse cara ganhou na loteria acadêmica", disse Vincent Larivière, um professor de ciência da informação da Universidade de Montreal, que estuda comunicações acadêmicas.

www.wsj.com/articles

Exibições: 83

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço