Raul Gonçalves Marques


*24/8/1913 - Rio de Janeiro (RJ)
+ 6/9/1991 - Rio de Janeiro (RJ)

Compositor / Instrumentista

A impressão que temos é que o universo musical brasileiro não tem limites. Quanto mais garimpamos, mais encontramos pérolas preciosas do nosso cancioneiro. É o caso, hoje, do compositor/instrumentista carioca Raul Marques (1913/1991), que já foi homenageado pelo grande amigo Luciano Hortencio. Como seu sobrinho - Wiliam Marques -, há tempos me pediu para homenageá-lo, também, hoje estou quitando a promessa feita. Confesso que depois do post do Luciano a tarefa não foi fácil. Mas como dívida é dívida, eis o que consegui garimpar sobre o grande compositor Raul Marques.

Bairro da Saúde

Desde muito cedo começou a frequentar as tradicionais rodas de samba, no bairro da Saúde, onde nasceu. Foi um dos fundadores da Escola de Samba Unidos da Saúde, no início da década de 1930. Passou, também, pela Escola de Samba Barão de Gamboa e, bem mais tarde, pela Escola Recreio de Ramos.

Seu verbete no Dicionário Cravo Albin da MPB encontra-se deficitário (apenas 43 composições), ou seja, muitas foram omitidas. Já na Base de Dados da FJN (Fundação Joaquim Nabuco) contabilizei mais de 120 composições do nosso homenageado. [Segundo o pesquisador Miguel Nirez Azevedo os dados da citada Fundação se utiliza do “Acervo Nirez” sem fazer menção a fonte originária dos dados o que é, no mínimo, lamentável].

Compôs com grandes nomes da nossa MPB, a exemplo de Valdemar Silva, Jorge Veiga, Buci Moreira, Príncipe Pretinho, Roberto Roberti, Stanislau Silva, Romeu Gentil, Ataulfo Alves, Monsueto, Henricão, entre outros.

Grandes intérpretes gravaram as composições de Raul Marques, como Roberto Silva, Ângela Maria, Odete Amaral, Aracy de Almeida, Carmen Costa, Dircinha Batista, Castro Barbosa, entre outros.

Convido a todos a embarcarem no universo musical de Raul Marques. Espero que gostem da seleção que fizemos.

Diário Carioca, em 16/2/1933 / Página 11.

Contentamento” (Raul Marques/Bucy Moreira) # Aracy de Almeida. Disco Victor (34106-B) / Matriz (80215). Gravação (9/9/1936) / Lançamento (novembro/1936).

Eu e você” / “Helena” (Raul Marques/Ernani Silva) # Aracy de Almeida/Castro Barbosa e Diabos do Céu. Disco Victor (34146-A) / Matriz (80303) E Disco Victor (34146-B) / Matriz  (80304), respectivamente. Gravação (21/12/1936) / Lançamento (janeiro/1937).

Tua beleza” (Raul Marques/Waldemar Silva) # Cyro Monteiro. Disco Victor (34515-A) / Matriz (33156). Gravação (12/9/1939) / Lançamento (novembro/1939).

 

Darei um prêmio” (Raul Marques/César Brasil) # Lolita França. Disco Victor (34509-B) / Matriz (33138). Gravação (17/8/1939) / Lançamento (novembro/1939).

Revista Fon Fon - Edição 44 em 2 de novembro de 1944. Página 2

Revista Carioca: Edição 272 / Página 45 / 1940.

Dança mais não encosta” (Raul Marques/Roberto Roberti) # Linda Batista. Disco Victor (34710-B) / Matriz (52084). Gravação (18/12/1940) / Lançamento (fevereiro/1941).

Palco da vida” (Raul Marques/Valdemar Silva) # Odete Amaral. Disco Odeon (12029-A) / Matriz (6645). Gravação (14/5/1941) / Lançamento (setembro/1941).

Oh! Seu Djalma” (Raul Marques/Djalma Mafra) #Cyro Monteiro. Disco Victor (800138-A) / Matriz (S- 052856). Gravação (13/10/1943) / Lançamento (Dezembro/1943).

Divina dama” (Raul Marques/Bucy Moreira/Henricão) # Hélio Sindô. Disco Continental (15210) / Matriz (862). Gravação (setembro/1944).

Não é assim que se procede” (Raul Marques/Bucy Moreira/Arnô Carnagal/Henrique de Almeida) # Francisco Alves e Trio de Ouro. Disco Odeon (12550-B) / Matriz (7735). Gravação (13/11/1944) / Lançamento (fevereiro/1945).

Marinheiro Popai” (Raul Marques/Bucy Moreira/Arnô Canegal) # Jorge Veiga. Disco Continental (15249-B) / Matriz (970). Lançamento (fevereiro/1945).

 

"A vida tem dessas coisas” (Raul Marques/Djalma Mafra) # Jorge Veiga. Disco Continental (15639-B) / Matriz (1411). Lançamento (junho/1946).

Baile da Piedade” (Raul Marques/Jorge Veiga) # Jorge Veiga. Disco Continental (15766-A) / Matriz (1645). Lançamento (março/1947).

Na frente: Acyr, Milton e Toninho. Ao fundo Alvinho e João Gilberto.

Sem ela” (Raul Marques/Alberto Ribeiro [Betinho) # Garotos da Lua (1951).

Coco duro” (Raul Marques/César Brasil) # Carmen Costa. Disco Star (337-B) / Matriz (S337-B). Lançamento (junho/1952).

Na foto acima vemos Raul Marques ao lado da sua esposa Dionéia (1954) e foi fornecida pelo sobrinho de Raul Marques, o também músico Wiliam Marques.

Risoleta” (Raul Marques/Moacir Bernardino) # Risadinha. Disco Odeon (13936-A) / Matriz (10629). Gravação (22/6/1955) / Lançamento (dezembro/1955).

Coração também esquece” (Príncipe Pretinho/Raul Marques) # Jorge Veiga. LP Caricaturista do Samba. Selo Copacabana, 1958.

Aquele meu lugar” (Raul Marques/Monsueto/Stanislau Silva) # Ângela Maria. Álbum: O Samba vem lá de cima (1966).

Arrasta a sandália” (Mano Aurélio/Baiaco) # Elton Medeiros, Raul Marques, Bucy Moreira, Marçal, Doutor,Voltaire. [Vídeo do Canal “luciano hortencio” - YouTube].

Paulinho da Viola com Raul Marques e os pandeiristas Alberto Lonato e Argemiro.

Que as composições de Raul Marques engendrem, nas novas gerações de sambistas, a valorização constante do nosso melhor samba.

 

______

Agradecimentos especiais ao grande pesquisador Miguel Nirez Azevedo pela liberação dos áudios: “Eu gostava tanto dele”, “Só me falta roupa”, “Que calor!”, “Minha despedida”, “Vá baixar em outro lugar”.

______

 

************

Fontes:

- Base de dados da FJN (Fundação Joaquim Nauco).

- Dicionário Cravo Albin da MPB - Verbete/Raul Marques.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Demais fotos: Wiliam Marques / Barão do Pandeiro / Internet.

- Montagem áudios SouldCloud: Laura Macedo.

- Revista Carioca, Fon Fon e Diário Carioca.

- Site #radinha: Áudios.

- Site YouTube/Canais: “Luciano hortencio”, “Irapuan Marques da Silva”, “N2010R”, “BATUKILIN BRASIL”, “Rodrigo Castro de Mendonça”.

***********

Exibições: 431

Comentário de Laura Macedo em 30 outubro 2015 às 0:10

Amigos

Este post foi destacado no Blog Luis Nassif Online. 

Confira AQUI.

Abaixo uma foto do sobrinho do nosso homenageado o violonista Wiliam Marques.

Comentário de Gregório Macedo em 14 janeiro 2016 às 2:25

Nada como iniciar o ano deleitando-se com um trabalho dessa qualidade! Confesso que Raul Marques era para mim, até 'há pouco', um ilustre desconhecido. Constatando a qualidade de sua obra, concluo sobre o quanto é rica a nossa Música Brasileira e fico a imaginar sobre quantos talentos estão no limbo, aguardando que pesquisadores - como você - lhes venham a oferecer tratamento condizente com seu talento e contribuição à MPB. Aliás, conferindo cada detalhe deste post, devo dizer que você não é tão somente pesquisadora, você é também uma notável e meticulosa artesã. 

Beijos do

Gregório 

Comentário de Gregório Macedo em 14 janeiro 2016 às 2:31

Antes que me esqueça: Esse post foi destacado no Nassif Online, e eu confesso que me escapou. Mas o bacana é que hoje curti cada uma das belezas musicais!

Beijos.

Comentário de Laura Macedo em 20 janeiro 2016 às 1:09

Querido Gregório,

É no trilhar do resgate de inúmeros artistas na nossa Música Popular Brasileira que, garimpando, vou aos poucos revelando nossos talentosos valores. Como tem gente boa!!

Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço