Remédios do Amor - O Tempo (II) - Pe Antônio Vieira

Sea of time # Kile Bean


O Tempo

Pinta-se o amor sempre menino, porque ainda que passe dos sete anos, como o de Jacob, nunca chega à idade do uso da razão. Usar de razão, e amar, são duas coisas que não se ajuntam. A alma de um menino, que vem a ser? Uma vontade com afetos, e um entendimento sem uso. Tal é o amor vulgar. Tudo conquista o amor, quando conquista uma alma; porém o primeiro rendido é o entendimento. Ninguém teve a vontade febricitante, que não tivesse o entendimento frenético. O amor deixará de variar, se for firme, mas não deixará de tresvariar, se é amor.

Pe Antônio Vieira
Fragmento do sermão do Mandato, 1643



Edições Sermões – Semana Santa 1995 °°°°° Gráfica Ouro Preto °°°°° Prefeitura Ouro Preto

Exibições: 66

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço