Portal Luis Nassif

Remédios do Amor # O Melhorar de Objeto (I) - Pe Antônio Vieira

J. M. W. Turner






Remédios do Amor

Diz que é de amor, e de amor nosso, e de amor
incurável: de amor: c** dilexisset; de amor
nosso: suos qui erant in mundo; e de amor
incurável, e sem remédio: in finem dilexit eos.



O Melhorar de Objeto

É pois o quarto e último remédio do amor, e com o qual ninguém deixou de sarar, o melhorar de objeto. Dizem que um amor com outro se paga, e mais certo é, que um amor com outro se apaga. Assim como dois contrários em grau intenso não podem estar juntos em um sujeito; assim no mesmo coração não podem caber dois amores; porque o amor que não é intenso, não é amor. Ora grande coisa deve de ser o amor, pois sendo assim, que não bastam a encher um coração mil mundos, não cabem em um coração dois amores. Daqui vem, que se acaso se encontram e pleiteiam sobre o lugar, fica sempre a vitória pelo melhor objeto.


Pe Antônio Vieira
Fragmento do Sermão do Mandato, 1643


Edições Sermões (1995) °°° Gráfica Ouro Preto °°° Prefeitura de Ouro Preto

Exibições: 226

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço