Portal Luis Nassif

renan, o concreto, de TUDO que existe entre o Céu e a Terra

Prezados,

Apresento o documento renan, o concreto, de TUDO que existe entre o Céu e a Terra, https://pt.scribd.com/document/333477291/Renan-o-Concreto-de-TUDO-q... , onde estamos, empiricamente, tentando questionar, a partir de fatos, concretos, a “certeza” de que o Poder Judiciário é o MAIOR Iresponsável, por TUDO que aí esta, de tal forma, que nos permite enveredar por reflexões outras, que envolvem as diversas incoerências do Poder Judiciário Brasileiro, que, apenas e tão somente, PREJUDICA, e ENVERGONHA, a Sociedade Brasileira, de tal forma, ser possível, mesmo que injustamente, alcunhá-la como uma Sociedade de Ignorantes, e uma Sociedade de Alienados, uma Sociedade de Bárbaros, quiçá uma Sociedade de Cruéis.

Afinal, é inconcebível, é inaceitável, que renan calheiros, em CONLÚIO, com a Mesa Diretora do Senado Federal, e com o explícito, APOIO, do atual, Presidente da Câmara de Deputados, o “chileno”, rodrigo maia, estejam PERPRETANDO a pura, e mais abjeta, DESOBEDIÊNCIA CIVIL, com o requinte de ser INSTITUCIONAL, ao se recusarem CUMPRIR Determinação, Justa, Legítima, Legal, e Coerente, do Supremo Tribunal Federal, expressada pelo seu Membro, em meu empírico sentimento, mais Respeitado, e mais Admirado, que é o Excelentíssimo Ministro Marco Aurélio Mello.

Tais, afirmações, tem como substância, tem como respaldo, o fato, concreto, de que, em passado recentíssimo, houve, TARDIA, UNINAMIDADE, na DESTITUIÇÃO, pelo Supremo Tribunal Federal, de eduardo cunha, da Presidência da Câmara de Deputados, por SER RÉU, com, inclusive, EFUSIVA, manifestação, de renan calheiros, que ora, também esta sendo DESTITUÍDO, pelo Supremo Tribunal Federal, da Presidência do Senado Federal, por também SER RÉU.

Abraços,

Plinio Marcos

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço