Resíduo avícola pode virar biodiesel

DAYANA AQUINO
Da Redação - ADV


Após inúmeras descobertas de insumos que podem ser transformados em energia, a nova matéria prima promissora poderá ser o resíduo da indústria avícola, a pena das aves abatidas para alimentos. A descoberta foi feita pelos pesquisadores da Universidade de Nevada, nos EUA.

A pesquisa demonstrou que a gordura extraída da farinha da penas das aves – usada na alimentação animal devido ao teor de proteínas e na adubação -, passa pelo processo de transterificação resultando em biodiesel de boa qualidade, comparável ao energético fabricado a partir de outras matérias primas usuais.

O processo de extração do óleo do farelo, co-produto assim como a soja, se dá por meio de água fervente. Do óleo retirado é possível ter uma produção de 11% de biodiesel.

A estimativa dos pesquisadores é em torno de uma capacidade de produção média de 700 milhões de litros somente com a indústria avícola dos EUA, ou 200 milhões de galões, conforme medida usada na pesquisa. No mundo inteiro, a quantidade de biodisel a partir dessa fonte pode ser três vezes maior.

Veja aqui o estudo

Exibições: 44

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço