Portal Luis Nassif

Resíduo sanitário melhora produtividade da mamona

DAYANA AQUINO
Da Redação - ADV

Unir diferentes serviços em prol da sustentabilidade pode ser, no longo prazo, uma realidade dos serviços públicos e de processos produtivos. Uma pesquisa apontou que o esgoto doméstico pode ampliar a produtividade da mamona, o que por sua vez, amplia a produção de óleo destinado à produção de biodiesel por meio dessa matéria prima.

A pesquisa, intitulada “Produtividade da mamona irrigada com esgoto doméstico tratado”, foi publicada na Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. A análise não faz a correlação direta entre a ampliação de produção de sementes e produção de biodiesel, mas mostra que a prática, aliada às medidas tradicionais já adotadas nas lavouras, pode trazer benefícios. Também não há referência em relação aos custos e ganhos econômicos com o processo.

O foco do levantamento foi a Região Nordeste, onde a oleaginosa tem grande importância econômica e social. Foram utilizados quatro cenários, com diferentes fontes de irrigação: água do poço e adubação recomendada; esgoto doméstico tratado e adubação recomendada; somente esgoto doméstico tratado; e esgoto doméstico tratado e metade da adubação recomendada.

De acordo com o documento, a produtividade foi maior, principalmente, quando foi utilizado esgoto e adubação adequada. Não houve alterações significativas no teor de óleo das sementes que receberam adubo, mas as plantas que receberam apenas a água residual – sem adubação - apresentaram níveis baixos de óleo na semente. Ou seja, apenas o esgoto tratado não representa ganhos na produção.

Ou seja, o cultivo da planta com a adubação recomendada e a água de esgoto, aumento na produtividade. Na produção de biodiesel, o ganho pode ser maior quando a adubação é feita com adubação nitrogenada, o que impacta positivamente o teor de óleo das sementes.

Teor de óleo

Em termos de rendimento, a extração do óleo a quente teve melhor resultado em relação à extração a frio. No processo de transterificação – para a obtenção dos ácidos graxos ou ésteres, foi usado o metanol.

Para os tratamentos que utilizaram a água e o esgoto com adubação recomendada, o óleo fixo teve maior valor em virtude da maior quantidade de óleo na extração a quente, sendo que tal incremento na produção de óleo está vinculado à adubação mineral adicionada ao solo.

Demais iniciativas buscam dar fins mais apropriados ao esgoto, tanto doméstico como industrial. No Rio de Janeiro a UFRJ está com um projeto piloto de uma usina para a produção de biodiesel por meio dessas águas residuais e caixas de gordura. Todas as ações tendem a tornar o saneamento uma prática sustentável, do ponto de vista econômico e ambiental.

Clique aqui para ler a pesquisa na íntegra

Exibições: 70

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço