Portal Luis Nassif

RIO agenda pauta convite imprensa ' 3 MULHERES ' Teatro Municipal Serrador 20/09/2017 16h

Quem é generoso progride na vida; quem ajuda será ajudado. (Provérbios 11:25)

Leitura Dramatizada  ' 3 MULHERES '  de Gualdino Calixto 
Teatro Municipal Serrador.

Elenco / Leda Lucia, Ana Felipe, Jéssica França 
Apresentação / Fernando Reski, Mirian Panzer e Danilo Araújo 
Participação Especial de Paula Goodarth

Direção Delcio Marinho Gonçalves

CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE AO RETIRO DOS ARTISTAS 
CONVITE AMIGO

doações
alimentos não perecíveis ou 
roupas para venda no brecho ou
fraldas geriátricas ou 
material de limpeza

entregue seu presente no foyer do Teatro 
estaremos encaminhando para Veteranos Artistas
Obrigado

Elenco e Técnicos
'' AS 3 MULHERES "

A CASA DOS ARTISTAS
HISTÓRIA
 
O teatro no Brasil, até as duas primeiras décadas do século XX, era dominado por companhias estrangeiras, em sua maioria portuguesa. Contavam com artistas locais em posições subalternas. João Caetano foi um dos primeiros artistas, se não o primeiro, a tentar modificar esse quadro. Inaugurou em dezembro de 1833 a primeira companhia dramática brasileira, no Teatro da Vila Real da Praia Grande em Niterói, que pretendia trabalhar em igualdade de condições com as companhias estrangeiras. Ele acreditava que o teatro não poderia sobreviver sem subsídios do Estado e sem a qualidade técnica dos elencos internacionais.
 
A crise econômica gerada pela Primeira Guerra Mundial, deixou um grande número de desabrigados entre os artistas estrangeiros, em que 1914 aqui se encontravam. A situação trabalhistas, que era bastante precária para os artistas, não era mais confortável para seus empresários. Em decorrência dessa instabilidade profissional, em 1915, um grupo de donos de companhias de atores, encabeçados por Leopoldo Fróes, deu início a primeira tentativa de se organizar uma instituição que socorresse o artista idoso e desempregado, livrando o empresário do amparo informal que já dava aos seus elencos.
 
Leopoldo Fróes – artista e jovem empresário foi autor da idéia, em 1914 de fundar uma instituição inspirada na Association dês Séccours Muteuels dês Artistes Dramatiques.
 
Oficialmente fundada em 13 de agosto de 1918, no teatro Trianon, por 68 profissionais, o grupo se reuniu pela 1° vez, para eleger a sua diretoria, em 19 de agosto de 1918, com a presença de 133 artistas, no velho Cine teatro Pathé. Como homenagem ao ator João Caetano a data oficial da fundação passou a ser dia 24 de agosto de 1918. E a partir daí, a data de aniversário de morte passou a ser comemorado como DIA DO ARTISTA.
 
a Casa dos Artistas e seu trabalho assistencial do Retiro.
 
Vivendo de doações, campanhas tratou de investir na qualidade atendimento, visto que, o número de profissionais da área artística aumentava cada vez mais. Aos residentes são oferecidos aulas de yoga, fisioterapia, tratamentos odontológicos, salão de beleza e hidroginástica.

O ator deve trabalhar a vida inteira, cultivar seu espírito, treinar sistematicamente os seus dons, desenvolver seu caráter; jamais deverá desesperar e nunca renunciar e este objetivo primordial: amar sua arte com todas as forças e amá-la sem egoísmo.
Stanislavski

“ Os artistas são as pessoas mais motivadas e corajosas sobre a face da terra. Lidam com mais rejeição num ano do que a maioria das pessoas encara durante toda uma vida.

Todos os dias, artistas enfrentam o desafio financeiro de viver um estilo de vida independente, o desrespeito de pessoas que acham que eles deviam ter um emprego a sério e o seu próprio medo de nunca mais ter trabalho.

Todos os dias, têm de ignorar a possibilidade de que a visão à qual têm dedicado suas vidas seja apenas um sonho. Com cada obra ou papel, empurram os seus limites, emocionais e físicos, arriscando a crítica e o julgamento, muitos deles a ver outras pessoas da sua idade a alcançar os marcos previsíveis da vida normal – o carro, a família, a casa, o pé-de-meia. Por quê?

Porque os artistas estão dispostos a dar a sua vida inteira por um momento – para que aquele verso, aquele riso, aquele gesto, agite a alma do público "

David Ackert

visita no ensaio de " 3 MULHERES " 
a Deputada Federal Cristiane Brasil

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço