Rodízio de prefeitos cassados, triste sina de Campos dos Goytacazes

Quando terá fim o rodízio de prefeitos cassados e os malfeitos eleitorais em Campos?



O município de Campos dos Goytacazes, o maior produtor de petróleo do país e, por isso, aquele que recebe os mais altos valores de royalties, vive uma triste sina e uma instabilidade impressionante.

A lista de prefeitos afastados, todos por irregularidades eleitorais, só tem crescido e tornado o ofício da política eleitoral em Campos assunto jurídico-policial dos mais frequentes no noticiário brasileiro.

Histórico recente de cassações:
Em 2004, Arnaldo Vianna, na semana do 2º turno da eleição para prefeito, Arnaldo voltou um dia depois e completo o seu mandato.
Carlos Alberto Campista iniciou o seu mandato em 2005 e foi afastado em 13/05/2005, em uma sentença que tornou inelegível, por 3 anos, Garotinho, Rosinha, Arnaldo e Ilsan. Todos recuperaram depois os seus direitos, exceto Campista.
Alexandre Mocaiber assumiu em 2005 e elegeu-se prefeito nas eleições suplementares de março de 2006. Em 2008, Mocaiber foi o terceiro prefeito afastado, recuperando o cargo 43 dias depois para completar o mandato.
Rosinha Garotinho já havia perdido o mandato em 2010, mas conseguiu recuperar os direitos políticos e o cargo.
Campos é a terra onde despontaram Anthony Garotinho e sua esposa, Rosinha Garotinho, no cenário político nacional...
Leia o texto completo

Exibições: 98

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço