Roriz pode recorrer, mas decisão é devastadora

- efeito sobre eleição presidencial, embora limitado, é ruim para Serra -


O candidato do PSC ao governo de Brasília, Joaquim Roriz, não poderá disputar a eleição de 3 de outubro. Essa é a decisão que acaba de ser tomada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O TSE decidiu que Lei da Ficha Limpa aplica-se a quem renunciou ao mandato para evitar cassação. É exatamente o caso de Roriz, que renunciou ao mandato de senador em 2007.

Roriz, é claro, vai recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal). Mas o efeito político de ter seu registro negado pelo TSE será brutal sobre sua candidatura. O candidato ficará agora com uma campanha precária, incerta. Doadores vão escassear, embora ele ainda figure como um dos favoritos na eleição de 3 de outubro --aqui, as pesquisas.

Militantes e aliados também tendem a se dispersar --sobretudo porque parece que o concorrente direto de Roriz, o petista Agnelo Queiroz está em alta.

Há também um efeito, embora limitado, na eleição presidencial. Roriz apoia José Serra (PSDB) para presidente. Agnelo Queiroz está com Dilma Rousseff (PT). O Distrito Federal tem só 1,35% dos eleitores do Brasil. Mas para quem, como Serra, precisa de todo o apoio possível, estar ligado a um candidato agora considerado "ficha suja" é um mau negócio.

A decisão do TSE foi por 6 votos contra 1. O Tribunal concluiu que a Lei da Ficha Limpa (LC 135/2010) vale para impedir Roriz de se candidatar.

Com a decisão, Roriz fica inelegível durante o período do mandato que exercia (2007-2015), e mais oito anos, ou seja até 2023.

Votaram pela aplicação da Lei os ministros Arnaldo Versiani, relator do processo, Henrique Neves, Cármen Lúcia, Aldir Passarinho Junior, Hamilton Carvalhido e o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski. Só o ministro Marco Aurélio afastou a aplicação da lei, concedendo o direito a Roriz de concorrer à eleição de 2010 para o cargo de governador do DF.

Fernando Rodrigues

Exibições: 32

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço