Arrepiando em rodopios,

A alma ascende apertada em forma de perlage

Transbordando nos olhares de criança

Em anseio de um porvir.

 

Aprochego nada casual

O sol resplandece na pele

E desliza carinhos feitos de gotas de suor

 

As ondas guardam os gestos contidos

Que emanam ao som de Vênus sobre as águas,

A lua dorme enfim nos lábios

Quando então o sorriso desperta

Em brisa pelos teus cabelos.

 

                                                                  Erica

Exibições: 37

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço