Seja bem-vindo ao Comitê Central CULTURAL obrigado 23001 Delcio Marinho Gonçalves Candidato a Vereador na Cidade do RIO DE JANEIRO

Gabinete COMPARTILHADO com a POPULAÇÃO http://23001ppsrio.blogspot.com.br/
TV DM @ Canal 23001
Participação e controle no Mandato de Delcio Marinho Gonçalves
Um compromisso democrático e republicano em tempos de redes sociais

1-Consultas diretas à população, em tempo real, usando o Twitter e o Facebook. Envolvendo os temas em debates e apresentação de projetos do mandato.

2-Mandato aberto para sugestões de Projetos propostos pela população, que serão transformadas em Projeto de Lei, depois de amplo debate pela Internet.

3-Acompanhamento em tempo real da atuação em Plenário e nas Comissões através da Internet via dispositivo online.

4-No site do mandato estarão disponíveis os links para a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e as pautas das Ordens do Dia em Plenário.

5-Solitação de proposta para que os trabalhos nas Comissões Permanentes sejam realizados através de Audiências Públicas. Pretendo participar das Comissões de Educação e Cultura e da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática.

6-Toda a Assessoria do Gabinete estará listada no site do mandato, com seus respectivos nomes, currículos e salários indicados com a respectiva descrição de suas atividades.

7-As despesas realizadas do Gabinete serão apresentadas em forma de balancetes mensais no site do mandato.

8-Agenda sempre será publicada no site do mandato.

Iniciativas:

Instituição de um selo de qualidade para a cultura popular.

Espaços públicos, tais como, escolas e praças serão locais para iniciativas artísticas e culturais em toda a cidade do Rio de Janeiro.

Proposta de parcerias com empresas públicas e privadas para uso de seus espaços para realização de espetáculos artísticos e culturais.

Site do mandato disponível para divulgação de qualquer evento artístico e cultural.

Espaço no site do mandato para informações da história cultural e das artes populares na cidade do Rio de Janeiro.

23001 Delcio Marinho Gonçalves
candidato a Vereador na Cidade do RIO DE JANEIRO
pelo PPS Partido Popular Socialista em 2012
OBRIGADO DM


 

Exibições: 163

Comentário de Delcio Marinho em 26 julho 2012 às 5:09
23001 Delcio Marinho Gonçalves
candidato a Vereador na Cidade do RIO DE JANEIRO
pelo PPS Partido Popular Socialista em 2012
 

Gabinete COMPARTILHADO com a POPULAÇÃO

OBRIGADO DM
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:25

23001 DELCIO MARINHO GONÇALVES VEREADOR PPS RIO

GABINETE COMPARTILHADO COM A POPULAÇÃO
TRABALHO DECENTE
SERIEDADE e COMPETÊNCIA em Realizar e Promover Eventos Importantes na cidade do RIO DE JANEIRO dinamizando a relação entre Produção Cultural e Mercado de Trabalho, Artista e Comunidade, ARTE e SOCIEDADE
Profissional de Artes Cênicas. Produziu pelo SATED / RJ os projetos " OS ANOS DO SILÊNCIO " ( ciclo de Espetáculos Censurados 1964/1980 ) e ESPAÇO LIVRE, na Proteção das Casas de Espetáculos que oferecem à cidade o reconhecimento Internacional de seu Título de Orgulho “ RIO CAPITAL CULTURAL ”
Delcio Marinho Gonçalves, sobrinho neto de ASTROJILDO PEREIRA ( Fundador do PCB ) Retoma as Ações da Frente Cultural do PARTIDO POPULAR SOCIALISTA Conheça o Blog http://23001ppsrio.blogspot.com.br/

o Fechamento de uma Casa de Espetáculos é o ESTRANGULAMENTO do Merc...

* DECRETO - LEI N*  7.959 - de 17 de setembro de 1945 DISPÕE SOBRE A LOCAÇÂO DE TEATROS Art.2 - Os atuais edifícios ocupados por teatros, bem como os que foram ou venham a  ser construídos com essa finalidade, não poderão ser utilizados como cinemas ou  destinados a qualquer outro fim ( ... ) Art.5 - Nenhum teatro poderá  permanecer fechado havendo companhias nacionais propondo a sua locação ( ...  )
em  Defesa da RIO CAPITAL CULTURAL
Lamentável um triste  levantamento sobre os Teatros que o Rio perdeu nos últimos anos: Teatro Hotel  Glória, Alaska , Teatro Barrashopping, Teatro Copacabana, Teatro do Hotel  Nacional, Teatro da Praia
" o Fechamento de uma Casa de Espetáculos é o  ESTRANGULAMENTO do Mercado de TRABALHO na RIO CAPITAL CULTURAL "
o abandono  dos prédios da época em que a Cinelândia era Pólo Cultural do  Rio
Delcio Marinho foi à Cinelândia, no Centro do  Rio, e filmou as condições precárias de conservação dos edifícios onde  funcionavam os cinemas e teatros da região na primeira metade do século passado.  Na época, a Cinelândia era um principais pólos culturais da cidade, com dezenas  de cinemas e teatros. De acordo com as imagens de Delcio, onde ficava o Cine  Plaza, hoje há um prédio abandonado. O extinto Pathé Palácio, fundado em 1928,  deu lugar a uma igreja. o Cine Palácio e o Metro Boavista desativados "  esqueletos no centro Histórico do RIO "
CASAS DE  ESPETÁCULOS DESATIVADAS DO RIO DE JANEIRO
PESQUISA DELCIO MARINHO GONÇALVES  (crédito obrigatório)
TEATRO  SANTA ROSA - CINE RIAN - TEATRO JARDEL - THEATRO PHENIX - CINEAC TRIANON - CINEMA ELDORADO - CINEMA IMPÉRIO - CINEMA METRO - TIJUCA - THEATRO CASINO - THEATRO RECREIO DRAMÁTICO ( TEATRO RECREIO ) - CINE PLAZA - CASSINO ATLÂNTICO - TEATRO REPÚBLICA ( TEATRO NOVO ) - CINEMA PRIMOR - CINEMA SANTA ALICE - TEATRO  MESBLA - TEATRO MADUREIRA ( TEATRO ZAQUIA JORGE ) - TEATRO FOLLIES - TEATRO  FÊNIX - CINEMA OLINDA - CINEMA MIRAMAR - TEATRO ARENA GUANABARA - CINEMA AzTECA - METRO COPACABANA - METRO BOAVISTA - CINEMA PATHË - CINE THEATRO GLÓRIA - BALNEARIO DA URCA ( CASSINO ) - TEATRO ADOLPH BLOCH PAVILHÃO INTERNACIONAL - CINEMA IRAJÁ - TEATRO GLÓRIA
CASA DE ÓPERA - A Ópera dos  vivos Data de Inauguração 1767 Rua do Fogo ( caminho pras pedreiras )  Largo do Capin Rua do Fogo é hoje a Rua dos Andradas, mas o local onde  situava a Casa de Ópera, desapareceu com Av. Presidente Vargas CASA DE  ÓPERA DE MANUEL LUIZ Data de Inauguração 1776 ( 9 ) ou 1779 ( 10 ) Largo  da Assembleia mais tarde chamado Largo do Carmo, depois Largo do Paço e Praça D.  Pedro II, atualmente PRAÇA XV, e Rua da Assembleia. A área hoje é ocupada  pela Câmara dos Deputados. THEATRINHO DO PLÁCIDO Inauguração 25 / 01 /  1823 ( decisão n* 10 de Gov. Imperial ) Denomições posteriores : Theatro  do Plácido Atual Praça Tiradentes entre a atual Rua Sete de Setembro e a Rua  Carioca. Em 1938, a área foi ocupada pelo Centro Paulista. THEATRO DO  PORFHYRO ( Teatro da Rua do Lavradio ) Não chegou a ser propriamente  inaugurado . Em 22 / 05 / 1824, atendendo a requeriento de Victor Porfhyro de  Borja, foi expedida Portaria autorizando sua construção na Rua Lavradio ,  97. Victor Porfhyro de Borja era ator . THEATRINHO DA RUA DOS  ARCOS Inauguração 1826 Rua dos Arcos, do lado do Morro de Santo Antonio,  em frente a Academia de Belas Artes . THEATRINHO DO LARGO DE SÃO  DOMINGOS Inauguração 09/ 06 / 1828 Largo de São Domingos , que deixou de  existir com a abertura da Avenida Presidente Vargas. THEATRINHO DE SÃO  FRANCISCO DE PAULA Inauguração 1832 / 1833 denominações  posteriores Theatro de São Francisco em 19 / 09 / 1846 Theatro Gymnasio  Dramatico em 12 / 04 / 1855 Rua do Teatro 23 ( Dec de 20 / 08 / 1838  ) THEATRINHO DA PRAIA DE DOM MANUEL Inauguração 02 / 08 /  1934 Theatro São Januário , em 26 / 09 / 1838 Atheneu Dramático 23 / 05 /  1862 O local onde existiu o teatro é hoje o Palácio da Justiça THEATRO  TIVOLY Inauguração 09 / 05 / 1847 Café Cantante do Pavilhão do Paraizo em  25 / 02 / 1858 Anuncios publicados no Jornal do Commercio, nos primeiros  meses de 1859 , dão - lhe a denomição francesa de Pavillon du Paraizo. Os  anúncios das peças eram publicadas em francês, igualmente. Theatro Pavilhão  Fluminense atual Praça da República THEATRO PROVISÓRIO 25 / 03 /  1852 Lyrico Fluminense em 19 / 05 / 1854 ( de acordo com Augusto Maurício ),  por não mais se justificar seu nome primitivo, pelo funcionamento da casa e  caráter permanente. ( Praça da República ) THEATRO ALCAZAR  LIRIQUE Conhecido também durante alguns anos ( 1866 / 1880 ) , como Théâtre  Lyrique Français, Theatro Francez, Alcazar Lyrico Fluminense e Alcazar  Fluminense. Theatro D. Izabel em 10 / 10 / 1877 THEATRO  ELDORADO Inauguração 14 / 10 / 1863 A partir de 27 / 11 / 1864 se  inaugurava no Theatro Eldorado , uma sessão teatral vespertina para a classe  comercial, recebendo aí a denomição de Theatro Recreio do Commercio. Theatro  Jardim Flora 14 / 08 / 1866 ( conhecido também como " Theatro Francez de  Variedades " ) Theatro Phenix Dramática , 03 / 05 / 1868 Theatro  Variedades Dramáticas , no período de 12 / 04 a 06 / 05 1888 Theatro Phenix  Dramática de 1888 até sua demolição em 1905 Reconstituido entre 1906 e 1908 ,  reabre na 2o decáda do Sec. ( 1910 - 1916 ) como cinema e music-hall , tornando - se efetivamente Theatro Phenix, em 1926. Voltou a funcionar como Cinema  Phenix, em 04 / 1929 Mudou de denominação, passando a chamar-se Cinema Ópera.  01 / 07 / 1937 Funcionou como Teatro Ópera em 1940, como cinema Ópera em  1948, voltando a chamar-se Teatro Fenix ainda em 1948, e até sua demolição em  1958. Na Avenida Rio Branco - ( hoje ergue-se o edifício da cidade do Rio de  Janeiro, prédio comercial ) THEATRO SÃO LUIZ data de inauguração - 20  / 06 / 1871 Rua do Teatro , 19 THEATRO D. PEDRO II inauguração - 20  / 06 / 1871 embora em 19 / 02 do mesmo ano, tenha sido realizado baile de  carnaval Por despacho Imperial de 03 / 09 / 1875, chamou - se Theatro Imperial  Dom Pedro II, e a 25 / 04 / 1890, passa Lyrico , nome pelo qual se tornou mais  conhecido. Antes porém de ser Theatro D. Pedro II , havia sido Circo Olympico (  1857 ) Rua Treze de Maio THEATRO CASINO FRANCO BRÉSILIEN Inauguração  01 / 02 / 1872 Theatro Sant'Anna em 29 / 10 / 1880 ( homenagem a esposa do  proprietário - Pedro Ferreira de Oliveira Amorim ) Teatro Carlos Gomes,  inaugurado em 26 / 01 / 1905 , reinaugurado em 06 / 04 / 1932 , após o incendio  que destruiu , reaberto em 15 / 09 / 1961 . Praça Tiradentes n*  19 THEATRO VAUDEVILLE data de inauguração 11 / 06 / 1874 Rua  Gonçalves Ledo, esquina com Buenos Aires THEATRO CIRCO Inauguração 26  / 09 / 1876 Theatro Polythema Fluminense , 1879 / 1880 Rua do Lavradio n*  104 THEATRO VARIÉTÉS inauguração - 18 / 08 / 1877 Em 12 / 04 / 1878  , ao mudar de dono , teve seu nome traduzido para Variedades . Brazilian  Garden , a partir de 26 / 10 / 1879 , quando da abertura do teatro, que estivera  fechado desde agosto do ano anterior. THEATRO RECREIO DRAMMATICO - 04 / 01 /  1880 TEATRO RECREIO , 1933 - até seu desaparecimento, em 1969 . Com o  desmonte do Morro do Santo Antonio , o teatro passou a confinar com a Avenida  Chile . THEATRO LUCINDA ( homenagem a esposa do empresário Luiz  Cândido Furtado Coelho ) inauguração 03 / 06 / 1880 Em 08 / 04 / 1882 - Theatro Novidades , sendo que em 04 / 07 / 1884 , voltou a adotar sua 1a.  denominação  Rua Pedro I . THEATRO PRINCIPE IMPERIAL Inauguração 01 /  01 / 1881 Theatro Eden Fluinense - 26 / 05 / 1886 Teatro Recreio  Fluminense - 27 / 10 / 1887 Theatro Variedades Dramáticas - 21 / 05 /  1888 Café Cantante Moulin Rouge - 22 / 12 / 1900 Cinema São José - em  1931, após sua redificação .Praça Tiradentes THEATRO APOLLO (  Inválidos ) Inauguração - 02 / 01 / 1886 Rua dos Inválidos THEATRO  APOLLO ( Lavradio ) Inauguração - 18 / 09 / 1890 Rua do Lavradio / obs.  Existiram mais dois outros teatros com esse nome , um na Rua dos Inválidos e  outro na Rua Pedro I . THEATRO EDEN - LAVRADIO Inauguração - 28 / 05 /  1895 Rua do Lavradio , n* 96 THEATRO HIGH - LIFE Inauguração - 24 /  06 / 1900 Rua do Lavradio, 49 THEATRO MAISON MODERNE Inauguração - 05 / 04 / 1903 Praça Tiradentes com Rua Pedro I . THEATRO DA EXPOSIÇÃO  DE APARELHOS A ALCOOL Inauguração - 22 / 11 / 1903 Rua do Lavradio ,  104 CINEMATOGRAPHO PATHÉ Inauguração - 18 / 09 / 1907 Cinema  Pathé Praça Marechal Floriano, 45 CINEMATOGRAPHO IDEAL Inauguração - por volta de 1908 Cine Theatro Ideal Rua da Carioca CONCERTO  AVENIDA DO PAVILHÃO INTERNACIONAL Inauguração - 12 / 11 / 1908 Cinema- Theatro Pavilhão Internacional Av. Rio Branco ( sede da Caixa Economica  Federal ) THEATRO CHANTECLAIR Inauguração - 13 / 05 / 1911 Teatro  Olympia Cinema Olympia Rua Visconde do Rio Branco , 53 - 55 CINEMA - TEATRO RIO BRANCO Inauguração 30 / 08 / 1911 , como Teatro , visto que  funcionava como cinema, desde 24 / 11 / 1907 , com o nome de Cinematographo Rio  Branco . Av. Gomes Freire THEATRO POLYTHEAMA Inauguração - 12 / 10  / 1911 Cinema Polytheama Av. Presidente Vargas THEATRO  REPÚBLICA Inauguração - 31 / 07 / 1914 Cinema Republica em 1927 , passando  em setembro de 1932 a chamar - se Moinho Vermelho . Em 1942 , volta a ser  Teatro Republica . No dia 30 / 05 / 1968 , é reinaugurado com o nome de  Teatro Novo . Av. Gomes Freire, 82 ( atual 474 - TV Educativa  ) THEATRO TRIANON Inauguração - 16 / 03 / 1915 foi inaugurado como  teatro , mas já funcionava desde 1910 como Cinema Eclair . Passando um  periodo como Cinema Trianon, até abril de 1921 , volta ser Theatro Triano, em  maio de 1921 , em 22 / 12 / 1938 é reinaugurado como Cineac Trianon Av. Rio  Branco 181 THEATRO DA NATUREZA Inauguração - 23 / 01 / 1916 Campo  de Santana THEATRO CENTRAL Inauguração - embora já tenha funcionado  desde 15 / 11 / 1919 , somente inaugurou como teatro em 04 / 05 / 1923 Cinema  Theatro Central Central Cine Theatro , à partir de 1929 . Eldorado, à  partir 1931 Av. Rio Branco CINE THEATRO RIALTO Inauguração - 24 /  05 / 1922 Tendo sido anteriormente inaugurado em 01 / 10 / 1921 , como Cinema  Rialto. Theatro Rialto em 11 / 08 / 1925 Tornou - se Cinema em 1935 Rua  da Ajuda 35 CINEMA CAPITOLIO Inauguração - 23 / 04 / 1925 Praça  Marechal Floriano CINE THEATRO GLÓRIA Inauguração - 30 / 10 /  1925 O Glória havia sido inaugurado no dia 03 do mesmo mes como cinema  . Rua Francisco Serrador CINE THEATRO IMPÉRIO Inauguração - 12 / 11  / 1925 como cinema Praça Marechal Floriano
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:25

THEATRO CASINO Nome  escolhido por Coelho Neto em carta datada em 04 / 10 / 1924 . Inauguração 18  / 06 / 1926 Cinema Casino, que funcionou por poucos meses em 1927 , fechando - se em junho por falta de sucesso . Theatro Casino reaberto em 09 / 08 /  1927 Theatro Escola de 1934 a 1936 . Esplanada do Passeio  Público TEATRO ALHAMBRA Inauguração 09 / 08 / 1932 Cinema Alhambra  em 11 / 11 / 1932 , antes de ser inaugurado como Theatro havia sido cinema até  09/ 08 / 1932 .Praça Mahatma Gandhi THEATRO MEU BRASIL Inauguração - 24 / 03 / 1934 À partir de 05 / 10 / 1934 , passou chamar Rio Theatro Rua  Alvaro Alvim TEATRO MESBLA Em uma ficha técnica do centro de  documentação e pesquisa teatral do SNT, a datada de 30 / 09 / 1974 é dado como  data de inauguração julho de 1955. Em outra ficha técnica datada de 01 / 12 /  1978 é registrado 1958 / 1959 , como data de inauguração " Frankel " de Antonio  Callado pela Cia Tonia, Celli e Autran O Jornal O Globo , dia 24 / 12 / 1962  em artigo de Roberto Macedo foi inaugurado em 18 / 03 / 1958 " Calúnia " de  Liliam Helman. O Gerente do teatro , Elia Allievi , diz que foi em 1956 em  agosto ou outubro , com " Três em lua de mel " e o espetáculo " My Three Angels  " de Saur Bella Spervack Rua do Passeio 42 / 11* andar TEATRO DE ARENA  GUANABARA Inauguração - 05 / 11 / 1964 Inauguração oficial , embora tenha  sido feito uma pré estréia em abril de 1963 . Largo da Carioca TEATRO  GIL VICENTEInauguração - 11 / 09 / 1965 Av. Republica do Chile  330.

"  CADA PEÇA NO TEATRO RECREIO RECEBIA MAIS DE 2800 ESPECTADORES POR NOITE. HAVIA  LUGARES PARA TODOS OS PREÇOS : CAMAROTES, CADEIRAS, POLTRONAS ESPECIAIS ,  GALERIAS . " - Walter Pinto " O TEATRO LÍRICO DO RIO DE JANEIRO  ONDE SE EXIBIU SARAH BERNHARD E ESTREOU COMO REGENTE TOSCANINI. FOI DERRUBADO  POR NADA. EM SEU LUGAR NADA SE EDIFICOU . " - Roberto  Ruiz "  QUEM NÃO SENTIU A PERDA DE UM CINEMA FREQUENTADO DURANTE ANOS TEM MEMÓRIA  NUBLADA OU CORAÇÃO DE PEDRA " Carlos Drummond de  Andrade
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:27

"Articular históricamente o passado não significa  conhece-lo tal com verdadeiramente aconteceu. Significa torná- lo exemplo de uma  recordação tal com ela nós ocorre nos instantes de perigo ( ... ) o dom de  acender uma chama de esperança no passado só é inerente ao historiador que  esteja penetrado pelo seguinte:Nem mesmo os mortos estão em segurança frente ao  inimigo quando este vencer. E este inimigo não tem cessado de vencer " Walter  Benjamim
Pesquisa Delcio Marinho Gonçalves Projeto  ESPAÇO LIVRE 1987 / 2012 riodejaneirocultural@gmail.com http://www.pagebuilder.com.br/proscenio/desativa.htm http://dmarinho.blogspot.com/2007/12/casas-de-espetculos-desativada...

Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:28

Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:28

Foto da capa

Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:30
DEBATE OI CASA GRANDE
Fundação ASTROJILDO PEREIRA / PPS
Delcio Marinho. Presidente ROBERTO FREIRE e Norma Dias
Delcio Marinho. Presidente ROBERTO FREIRE
e Norma Dias
" Eu nasci na casa onde foi fundado o Partido Comunista". Quem costuma dizer essa frase é Norma Pereira Dias, sobrinha de Astrojildo Pereira, o fundador do PCB, em março de 1922, em Niterói. Como se isso não bastasse, D. Norma - uma antiga campeã de voleibol pelo Flamengo - resolveu ingressar no Partido Popular Socialista, agremiação originária do PCB criado por seu tio Astrojildo. E o fez em grande estilo: em um domingo de sol, no Rio de Janeiro, ninguém menos do que Roberto Freire, Presidente do PPS, assinou sua ficha de filiação ao Partido, assim como aquela de Délcio Marinho, sobrinho-neto do velho Astrojildo. É a tal história: os bons filhos à casa tornam... Norma Pereira Dias foi recebida por Roberto Freire e a mulher, Mariza, para um café da manhã em um hotel localizado no Posto Seis, em Copacabana ( ... ) Outra prima sua, D. Daily Marinho, também sobrinha de Astrojildo Pereira, demonstrou vontade igualmente de aderir ao Partido, confessando sua "grande admiração por Roberto Freire". D. Norminha pretende contribuir, em particular, para a lutas das mulheres organizadas dentro do Partido. Já o sobrinho Délcio Marinho, que é artista, revelou que buscará se aproximar do trabalho da Fundação Astrojildo Pereira, o braço cultural do PPS. Délcio lembrou que "pertencera ao Instituto Astrojildo Pereira nos anos 80, quando o PCB veio para a legalidade". E é preciso dizer que D. Norminha teve uma participação decisiva no documentário A casa de Astrojildo, produzido pela Fundação Astrojildo Pereira em homenagem ao grande revolucionário e crítico literário. O filme foi dirigido por Ivan Alves Filho, também presente ao encontro, assim como sua mulher, Elaine. Roberto Freire comemorou as duas filiações, "até pelo seu caráter simbólico". "Para nós", disse ele, "a herança de Astrojildo Pereira é sempre muito querida e seus familiares são também um patrimônio nosso "
Conheça o BLOG
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:34
 
minha Avó MARIA FRANCISCA PEREIRA MARINHO

Medalha UPPE MARIA FRANCISCA PEREIRA MARINHO ( 1909 - 1998 ), a irmã de JILDO

O entusiasmo de Maria Francisca Pereira Marinho, com 36 anos na época, contagiou as demais professoras que se reuniram numa tarde de agosto de 1945, na tentativa de serem recebidas no Palácio do Ingá, Sede do Governo Intervencionista que representava a ditadura do Presidente Getúlio Vargas.

O descaso dos governantes de então, não tão diferentes dos de hoje, quando se trata de atender reivindicações de professoras para obtenção de melhorias de condições de trabalho, foi flagante, consta de relatos da época. Mas a professora MARIA FRANCISCA PEREIRA MARINHO não se arrefeceu e , ali mesmo, na porta do Palácio do Governo, para onde tinha conduzido os 150 colegas, vindos de toda parte do Estado do Rio, discursou inflamadamente sobre a premente importância da criação de uma entidade representativa da categoria ...


A proposta foi adiante e no dia 8 de setembro 1945, durante reunião, realizada no Club dos Funcionários " com membros do magistério, com o objetivo de tratar exclusivamente dos interesses da classe ". como consta da Ata de fundação da Entidade. Como seria natural MARIA FRANCISCA, a primeira Presidente da Entidade " Partido da Educação ", defendendo a bandeira de todos os professores

MARIA FRANCISCA, que colocou todo o conhecimento político , adquirido através da conceituada família, cujos membros tinham tradição na política de Democratização do Brasil merecidamente, dá nome ao Prêmio UPPE Medalha Maria Francisca Pereira Marinho
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:35
" árvore na Intimidade " ( DM ) minha avó MARIA FRANCISCA PEREIRA MARINHO
é a irmã de ASTROJILDO PEREIRA ( filhos de Isabel e Ramiro , meus bisavós , avós de minha mãe ) ASTROJILDO PEREIRA Duarte Silva (Rio Bonito, 1890 — RJ 1965) escritor, jornalista, crítico literário e político brasileiro. Fundador do Partido Comunista Brasileiro/Partido Comunista do Brasil, em 1922.
YouTube
Comentário de Delcio Marinho em 27 julho 2012 às 7:38

Delcio Marinho, diretor de teatro carioca e sobrinho-neto de ASTROJILDO PEREIRA retoma suas ligações com a frente Cultural Partidária

http://blogln.ning.com/profiles/blogs/delcio-marinho-diretor-de-tea...

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço