Portal Luis Nassif

Morreu como viveu,

sem ninguém!

E ninguém se importou...

Pois se quando era vivo não se importaram,

Por quê se importariam agora?

Era apenas um mendigo,

como tantos outros que vagam por este mundo afora.

Como aquele que bate em sua porta,

pedindo um pouco de comida,

e esperando um gesto de simpatia...

Mas é difícil para você;

mais fácil dizer que não tem nada,

passe outro dia ou coisa assim.

Mais fácil também é ignorar!

Por quê ficar se perguntando,

se o pobre coitado que você dispensou,

não está morrendo de fome?

Se um agasalho ele tem para vestir,

ou um lugar ele tem para ficar,

na noite fria que está por vir?

Você não tem nada com isso;

Isso existe no mundo todo;

Não é problema seu, pensa.

E mais uma vez você consegue se enganar...

Enquanto neste momento,

mais um ser humano está morrendo.

Morrendo como viveu,

sem ninguém!

Exibições: 27

Comentário de Cida Medeiros em 29 novembro 2008 às 17:26
Tocante e instigador. Me encoraja a fazer mais e mais ainda.
Comentário de Pedro Luiz em 1 dezembro 2008 às 7:02
Legal, Cida.
Somos cada vez mais.
Comentário de Liu Sai Yam em 3 dezembro 2008 às 9:31
A dor da gente não sai no jornal?
Sai, às vezes.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço