Sobre o neto de Lula

Quando morre uma criança, não importa se é neta do Lula, ou do Zé.
A criança não pode morrer.
O meu sentimento extrapola distancias, importâncias, qualificações sociais.
Não tenho capacidade para aceitar a criança morta do amigo, ou do inimigo.
Não tenho capacidade para aceitar a morte trágica de uma criança, no hospital do ABC, ou nos escombros de Brumadinho.
Me afeta a morte da criança no sinal, ou numa escola de luxo.
Não estou preparado para ler, ver, ou ouvir sobre as mortes de crianças.
Quando seu avo é presidente e preso sob ordens de ianques sionistas, a morte da criança é mais visível, mas ainda assim é só uma criança.
Quando se comemora a morte de uma criança eu agradeço pelo porte de arma não ser permitido.
Cada criança que morre, morremos um pouco junto com elas. Não tem outro jeito de ser.
De qualquer forma, uma grande abraço Lula. Eu não sei o que você está sentindo, mas sei que não quero jamais sentir. Força camarada.

Exibições: 27

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço