"Sou marxista, tendência Grouxo" e outras pichações impagáveis...

Releitura de cartaz (à esquerda) feita por Prila Paiva, 29 anos; à direita, o original francês.

Para os corações de estudante escolherem suas frases preferidas do Maio de 1968... porque é o ano da França no Brasil. À la vôtre! Tintim!



"É proibido proibir"

"Se queres ser feliz, prende o teu proprietário"

"Sejam realistas, exijam o impossível!"

"O despertador toca: primeira humilhação do dia"

"A imaginação no poder"

"Abaixo o realismo socialista. Viva o surrealismo"

"As paredes têm ouvidos, seus ouvidos têm paredes"

"A idade de ouro era a idade onde o ouro não reinava"

"Nós somos todos judeus alemães"

"Não queremos um mundo onde a certeza de não se morrer de fome se troca contra o risco de morrer de aborrecimento"

"A humanidade só será feliz no dia em que o último capitalista for pendurado com as tripas do último burocrata"

"A política passa-se nas ruas"

"O patrão precisa de ti, tu não precisas dele"

"A arte morreu, libertemos a nossa vida cotidiana"

"A arte morreu. Não consumam o seu cadáver"

"Todo poder abusa. O poder absoluto abusa absolutamente"

"Todo poder aos conselhos operários (um enraivecido)
Todo poder aos conselhos enraivecidos (um operário)"

"O poder tinha as universidades, os estudantes tomaram-nas. O poder tinha as fábricas, os trabalhadores tomaram-nas. O poder tinha os meios de comunicação, os jornalistas tomaram-na. O poder tem o poder, tomem-no!"

"O direito de viver não se mendiga, toma-se"

"Viva o poder dos conselhos operários estendido a todos os aspectos da vida"

"Abramos as portas dos asilos, das prisões, e outras faculdades"

"Trabalhador: tu tens 25 anos, mas o teu sindicato é do outro século"

"Todo reformismo se caracteriza pela utopia da sua estratégia, e pelo oportunismo da sua tática"

"Quando a Assembléia Nacional se transforma em um teatro burguês, todos os teatros da burguesia devem se transformar em Assembléias Nacionais"

"Juventude Marxista Pessimista"

"Não nos prendamos ao espetáculo da contestação, mas passemos à contestação do espetáculo"

"A revolução não é a dos comitês, mas, antes de tudo, a vossa.
Levemos a revolução a sério, não nos levemos a sério"

"Quanto mais amor faço, mais vontade tenho de fazer a revolução.

Quanto mais revolução faço, maior vontade tenho de fazer amor"

"Professores, sois tão velhos quanto a vossa cultura, o vosso modernismo nada mais é que a modernização da polícia, a cultura está em migalhas"

"Não reivindicaremos nada. Não pediremos nada. Conquistaremos. Ocuparemos"

"Sob as calçadas, a praia"

"Um homem não é estúpido ou inteligente. É livre ou não é"

"As reservas impostas ao prazer excitam o prazer de viver sem reserva"

"Revolução, eu te amo"

"Sou marxista, tendência Groucho"

"A revolução deve ser feitas nos homens, antes de ser feita nas coisas"

"Um só fim de semana não-revolucionário é infinitamente mais sangrento que um mês de revolução permanente"

“Tu, camarada, tu, que eu desconhecia por detrás das turbulências, tu, amordaçado, amedrontado, asfixiado, vem, fala conosco"

"Abaixo a Universidade
"
"O álcool mata. Tomem LSD"

"A sociedade nova deve ser fundada sobre a ausência de qualquer egoísmo e qualquer egolatria. O nosso caminho será uma longa marcha de fraternidade"

"Abaixo a sociedade espetacular mercantil"

"Os limites impostos ao prazer excitam o prazer de viver sem limites"

"O sonho é realidade"

"Corre camarada, o velho mundo está atrás de ti"

"Acabareis todos por morrer de conforto"

"O sagrado, eis o inimigo"

"A poesia está na rua"

"Abaixo os jornalistas e todos os que os querem manipular"

"Abaixo o Estado"

"Viva o efêmero"

"Não trabalharemos mais"



Links:

http://jeocaz.multiply.com/journal/item/64/PARIS_MAIO_DE_1968

http://g1.globo.com/Sites/Especiais/Noticias/0,,MUL463654-15530,00-...

Exibições: 189

Comentário de Marise em 13 julho 2009 às 14:17
"Um homem não é estupido,ou inteligente. É livre ou não é"
Minha frase preferida, dentro de tantas importantes.
Beijos
Comentário de Cafu em 13 julho 2009 às 14:40
"Viva o efêmero."

"A poesia está na rua."

"As paredes têm ouvidos, seus ouvidos têm paredes"

"A idade de ouro era a idade onde o ouro não reinava"

...e tantas outras. Difícil escolher!!!
Beijos.
Comentário de Cafu em 14 julho 2009 às 0:26
Sem esquecer o pai de todos: igualdade, fraternidade, liberdade.
Um clássico.
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço